As inscrições de pré-matrícula para cinco cursos online oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Congonhas estarão abertas nos próximos dias no Museu de Congonhas. Nesta terça-feira, 20, e na quinta-feira, 22, as inscrições poderão ser feitas das 09h às 17h. Já na quarta-feira, 21, o horário será das 13h às 17h. Os cursos são de Língua Brasileira de Sinais (Libras), Inglês Básico, Espanhol Básico e Produtor de Cerveja.

Quem quiser se inscrever deve levar cópias dos comprovantes de escolaridade e residência, além de Carteira de Identidade e CPF. Os inscritos receberão por e-mail uma carta de encaminhamento informando o protocolo para inscrição, o período de início e término da oferta do curso, orientações para acesso à plataforma de Ensino a Distância (EAD), e outras informações.

Para mais informações, ligue: 3732-2657.

Cursos:

Língua Brasileira de Sinais (Libras) – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil profissional: Comunica-se com pessoas surdas. Aplica o alfabeto manual da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Auxilia na conversação em Libras nos setores de instituições públicas e privadas que trabalham com atendimento ao público.

Idade: Acima de 15 anos


Introdução à Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil Profissional: Realiza a interpretação simultânea entre a Língua Brasileira de Sinais e o português e vice-versa, em nível básico, em relacionamentos pessoais, comerciais e de trabalho, bem como nos diversos serviços de atendimento ao público.

Idade: Acima de 15 anos


Inglês Básico – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) – Completo

Perfil profissional: Compreende e usa expressões familiares e cotidianas e enunciados simples. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais (o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem). Comunica-se na língua inglesa de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

Idade: Acima de 15 anos

Espanhol básico – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) completo

Perfil Profissional: Compreende e usa expressões familiares e cotidianas e enunciados simples. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais (o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem). Comunica-se na língua espanhola de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

Idade: Acima de 15 anos


Produtor de cerveja – 20 vagas / 200 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) completo

Perfil profissional: Realiza a produção de cerveja. Aplica técnicas de conservação de matérias-primas, produtos em elaboração e de produtos prontos. Segue os princípios das boas práticas de fabricação de cervejas e zela pelas condições de segurança no local de trabalho.

Idade: Acima de 18 anos

Publicado em Ultimas de Congonhas

As inscrições de pré-matrícula para cinco cursos online oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Congonhas estarão abertas nos próximos dias no Museu de Congonhas. Nesta terça-feira, 20, e na quinta-feira, 22, as inscrições poderão ser feitas das 09h às 17h. Já na quarta-feira, 21, o horário será das 13h às 17h. Os cursos são de Língua Brasileira de Sinais (Libras), Inglês Básico, Espanhol Básico e Produtor de Cerveja.

Quem quiser se inscrever deve levar cópias dos comprovantes de escolaridade e residência, além de Carteira de Identidade e CPF. Os inscritos receberão por e-mail uma carta de encaminhamento informando o protocolo para inscrição, o período de início e término da oferta do curso, orientações para acesso à plataforma de Ensino a Distância (EAD), e outras informações.

Para mais informações, ligue: 3732-2657.

Cursos:

Língua Brasileira de Sinais (Libras) – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil profissional: Comunica-se com pessoas surdas. Aplica o alfabeto manual da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Auxilia na conversação em Libras nos setores de instituições públicas e privadas que trabalham com atendimento ao público.

Idade: Acima de 15 anos


Introdução à Interpretação em Língua Brasileira de Sinais (Libras) – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade Mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil Profissional: Realiza a interpretação simultânea entre a Língua Brasileira de Sinais e o português e vice-versa, em nível básico, em relacionamentos pessoais, comerciais e de trabalho, bem como nos diversos serviços de atendimento ao público.

Idade: Acima de 15 anos


Inglês Básico – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) – Completo

Perfil profissional: Compreende e usa expressões familiares e cotidianas e enunciados simples. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais (o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem). Comunica-se na língua inglesa de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

Idade: Acima de 15 anos

Espanhol básico – 20 vagas / 160 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) completo

Perfil Profissional: Compreende e usa expressões familiares e cotidianas e enunciados simples. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais (o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem). Comunica-se na língua espanhola de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

Idade: Acima de 15 anos


Produtor de cerveja – 20 vagas / 200 horas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) completo

Perfil profissional: Realiza a produção de cerveja. Aplica técnicas de conservação de matérias-primas, produtos em elaboração e de produtos prontos. Segue os princípios das boas práticas de fabricação de cervejas e zela pelas condições de segurança no local de trabalho.

Idade: Acima de 18 anos

Publicado em Ultimas de Congonhas

Produtores rurais de Congonhas participaram, esta semana, de um treinamento de operação de máquinas e implementos agrícolas, como arado, grade aradora, grade niveladora e roçadeira, que é ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR). O curso foi gratuito e aconteceu graças a intermediação da Diretoria de Desenvolvimento Rural da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia da Prefeitura. O objetivo principal deste qualificação profissional é alertar os operadores das máquinas para a necessidade de priorizar a segurança e extrair o melhor rendimento possível dos equipamentos, prolongando assim também a vida útil destes. Este é o primeiro curso de uma série que esta parceria irá disponibilizar para as comunidades da cidade, de acordo com a vocação produtiva de cada uma delas.

O primeiro dia do curso se dedicou a nivelar o conhecimento técnico dos alunos, sempre enfatizando a necessidade de garantir segurança ao operador, chamando atenção para os perigos que a máquina oferece, através de videoaulas e conversas. Do segundo dia em diante, o trabalho aconteceu no campo, com instruções de uso sobre um implemento em cada dia.

“O que pretendemos é trazer para o produtor rural domínio técnico e segurança. A manutenção da máquina deve ser preventiva e nunca corretiva. O custo de manutenção da máquina no valor final de qualquer produto é alto. Quando mal operada, onera o custo do produto. Medidas simples podem produzir economias significativas, tanto em consumo de combustível, quanto no que diz respeito a vida útil de peças. Os alunos se mostraram pessoas muito interessadas em adquirir conhecimento e bastantes experientes. Está sendo uma troca de conhecimento”, analisa Gilberto Bertola Cantarutti, engenheiro agrícola e instrutor na área de mecanização agrícola do SENAR. O órgão ainda oferece a municípios interessados cursos de semeadora, adubadora de plantio direto, aplicação de agrotóxicos, entre outros.

Wandeir Ribeiro de Oliveira, produtor rural do Joaquim Murtinho, opera trator agrícola e produz silagem para comercializar. Ele recebeu uma ligação da Diretoria de Desenvolvimento Rural e resolveu participar do treinamento. “Alguns itens de segurança a gente não sabia que a máquina oferece. Até então a gente aprendeu no contato direto com o trator, mas algumas vezes aprendemos errado. O trator é perigoso de operar e, se não souber fazer direito, o acidente pode ser fatal. A gente aprendeu no curso algumas regulagens que nos possibilita ganhar rendimento na produção, diminuir o tempo de trabalho e o combustível gasto. Esse curso do SENAR trazido pela Prefeitura nos beneficiará muito”, prevê.

Milton de Oliveira, do Joaquim Murtinho, ganha a vida como tratorista. “Este treinamento é excelente para geriqueiro e para o fazendeiro. Alguns destes querem que o serviço seja executado com rapidez, mas não consideram o tipo de terreno e o risco que ele oferece. Todo mundo que possui fazenda precisa adquirir conhecimentos como estes oferecidos pelo SENAR. O trator agrícola, para mim, é máquina mais perigosa que um trator de esteira ou uma retroescavadeira. Já passei por vários apertos em acidades e agora aprendi a tomar cuidados para evitar outros. Todos devem fazer isso”, aconselha.

Ronaldo Adriano é produtor em uma das glebas da Fazenda Castanheira, no Pequeri, onde está sendo ministrado o curso de operador de trator e implementos agrícolas. No local, a família produz milho, feijão, pasto e silagem, 280 litros de leite por dia, além de possuir pesque-pague, criando o peixe em gaiolas, e restaurante. “Precisamos de trator para todas essas atividades rurais. Por isso estou começando a aprender a operar o nosso e este curso será importante para eu fazer da forma correta o serviço. Já cortei as terras para plantar o milho, que está grande. Em breve, vamos tirá-lo e plantar o feijão no lugar. Ao ouvir o instrutor, percebi que já cometi erros. Esse é mais um jeito de a Prefeitura, através da Diretoria de Desenvolvimento Rural, nos ajudar a nos mantermos no campo, melhorando a renda dos agricultores familiares. Ela já nos auxilia oferecendo a máquina que faz os silos, para limpar as lagoas, sem falar que, quem precisa, adquire adubo, calcário, mudas e sementes na compra consorciada”, testemunha.

Certificado

O SENAR possui uma certificação reconhecida por órgãos governamentais, como o Ministério do Trabalho e Previdência Social, mas também fora do País. Este certificado é de fundamental importância para um operador de máquina agrícola. “Aquele que não o tiver pode se ver desamparado, caso reivindique seus direitos junto ao INSS, Previdência Social e em uma possível fiscalização do Ministério do Trabalho”, explica o instrutor do SENAR, Giberto Bertola Cantarutti, que finaliza: “Um produtor rural que investe na qualificação de seus profissionais terá resultado positivo de forma rápida. Um profissional treinado e qualificado trabalha com mais afinco, com mais precisão, está sujeito a menos acidentes, gerando menos custos”.

Outros cursos

Além do curso de tratorista, a parceria Prefeitura de Congonhas e SENAR irá oferecer aos produtores de Congonhas diversos outros, como os de fabricação de queijo, doces, compotas, quitandas e artesanato. “Existem cerca de 30 cursos agendados para Congonhas, mas os escolhidos vão depender da vocação de cada comunidade congonhense. Faremos este estudo no Pequeri, Alto Maranhão, Santa Quitéria, Esmeril, Pires e em outras localidades do Município. Entraremos em contato com as associações de bairro para levantar a demanda local dos produtores. O prefeito Zelinho e o secretário Christian Souza Costa estão nos dando todo apoio nesta tarefa”, afirma o diretor de Desenvolvimento Rural da Prefeitura, Wedson Guerra.

Estes cursos são ministrados sem custos diretos para o Município e sem taxa de inscrição para os participantes. O que o SENAR exige são, pelo menos, dez pessoas inscritas em cada turma; que, em alguns casos como no de quitanda, os alunos levem os ingredientes, mas, em contrapartida, os produtos fabricados ficam para eles; e que a Prefeitura disponibilize o local das aulas que ofereça condições para a manipulação correta do material utilizado.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia da Prefeitura, Christian Souza Costa, a atual Administração Municipal “vai cada dia mais investir na qualificação do trabalho no campo em nossa cidade. Existem muitas tecnologias disponíveis para os pequenos produtores e precisamos que eles estejam aptos a usufruir disso da melhor maneira possível para melhorar cada vez mais o rendimento econômico da atividade que eles exercem”.

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Diretoria de Desenvolvimento Rural da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia Inovação e Tecnologia convida a quem lida com tratores agrícolas e outros implementos como roçadeira, grade aradora e plantadeiras para participarem de um curso de qualificação. Este curso será ministrado por um profissional do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e realizado, entre 29 de janeiro e 2 de fevereiro, na Fazenda Castanheira, no Pequeri.

Interessados em se inscrever devem se dirigir até a Diretoria de Desenvolvimento Rural à av. Presidente Getúlio Vargas, nº 69, no Centro, de 15 a 19 de janeiro, das 7h às 17h. Mais informações pelo telefone 3731-3789 ou pelo da EMATER 3731-3302.

Publicado em Vagas de emprego

Senac de Lafaiete oferece cursos gratuitos

Quarta, 13 Dezembro 2017 16:26

O Senac em Conselheiro Lafaiete vai abrir  as inscrições para vagas dos cursos de Assistente Financeiro, Cuidador Infantil, Comprador e Inglês Intermediário ofertados pelo programa Senac de Gratuidade (PSG).

As inscrições serão realizadas até o limite do número de vagas.

Para realizar a pré-inscrições basta cadastrar os dados pelo link:
 http://www.mg.senac.br/programasenacdegratuidade.

As inscrições serão realizadas por ordem de chegada, até o limite do número de vagas.

Publicado em Vagas de emprego

Serão reiniciadas na próxima quarta-feira, 22, as aulas do curso profissionalizante gratuito de Montador de Drywall (gesseiro), ministradas em Congonhas pela Escola Móvel Sesi/Senai em parceria com a Prefeitura de Congonhas e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). A partir de agora, o curso será ministrado na Romaria. Foram organizadas duas turmas: a da tarde, das 13h às 17h15, que ainda possui sete vagas abertas, e a da noite, das 18h15 às 22h30, que está completa.

Interessados devem procurar a Diretoria de Trabalho e Renda, na Secretaria de Desenvolvimento Sustentável, à av. JK, nº 230, 1º andar, de segunda a sexta-feira, de 8h às 11h30 e de 13h às 17h.

O curso é gratuito, com duração de 80 horas e oferece 40 vagas. Esta é mais uma ação do Governo Municipal para qualificar os profissionais da cidade, de forma que consigam permanecer ou ingressar no mercado de trabalho.

Esta é uma tecnologia nova, de implantação de placas drywall, que aceitam acabamento em pintura e cerâmica. Geralmente estas placas são utilizadas em divisórias, mas podem formar as paredes que delimitam a construção.


Público-alvo

O curso de Montador de Sistema Drywall é destinado aos profissionais da área de construção, que estejam interessados na especialização do sistema ou aperfeiçoamento das técnicas. Também é destinado àqueles que tenham interesse na área e queiram entrar no mercado de trabalho. Segundo a Sesi/Senai, o nível de empregabilidade dos formandos é de 80%.

Perspectivas no mercado de trabalho

O profissional Montador de Sistema Drywall atuará na construção civil, como montador de paredes. O profissional poderá atuar, ainda, de forma autônoma, realizando trabalhos em residências ou empresas.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Atendendo a solicitação do SINDCOMÉRCIO, estará em Lafaiete, entre os dias 8 a 18 de novembro, a unidade móvel de Turismo e Hospitalidade do SENAC Minas para a realização de vários cursos gratuitos de Gastronomia. A ação será realizada em parceria com a Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e é uma maneira de facilitar o acesso à educação para o trabalho.

As unidades móveis do Senac contam com equipamentos e mobiliário específicos que aumentam a sua funcionalidade, podendo transformar-se tanto num ambiente tradicional de sala de aula quanto em um laboratório para atividades práticas voltadas a treinamentos e cursos.

A participação será gratuita e os interessados devem ser maiores de 16 anos e apresentarem Carteira de Identidade e CPF no ato da inscrição e no dia de realização do curso.

As inscrições serão limitadas e devem ser feitas na secretaria do SINDCOMERCIO, na rua Dias de Souza, 180 – 2º andar – Centro, ou pelos telefones 3763-4542 ou 3763-2216, no horário de 08:30 ás 13h e de 14:30 as 18h, até o dia anterior ao dia do curso, de acordo com a disponibilidade de vagas.

Fonte: Correio de Minas

Publicado em Regional

As inscrições de pré-matrícula para cinco cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em Congonhas estarão abertas nos próximos dias no Museu de Congonhas. Nesta quarta-feira, 4, a inscrições poderão ser feitas das 13h às 17h. Já na quinta, 5, e na sexta, 6, o horário será das 9h às 11h e das 13h às 17h. Os cursos são de Língua Brasileira de Sinais (Libras), inglês básico, recepcionista, editor de vídeo e iluminador cênico. As aulas serão ministradas de 30 de outubro a 23 de março de 2018.

Quem quiser se inscrever deve levar cópias dos comprovantes de escolaridade e residência, além de Carteira de Identidade e CPF. Os inscritos receberão por e-mail uma carta de encaminhamento informando o protocolo para inscrição, o período de início e término da oferta do curso, orientações para acesso à plataforma de Ensino a Distância (EAD), e outras informações.

Para mais informações, ligue: 3732-2657.

Cursos:

Língua Brasileira de Sinais (Libras) – 20 vagas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil profissional: Comunica-se com pessoas surdas. Aplica o alfabeto manual da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Auxilia na conversação em Libras nos setores de instituições públicas e privadas que trabalham com atendimento ao público.

Inglês Básico – 20 vagas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental I (1º a 5º) – Completo

Perfil profissional: Compreende e usa expressões familiares e cotidianas e enunciados simples. Apresenta-se e apresenta a outros. Faz perguntas e dá respostas sobre aspectos pessoais (o local onde vive, as pessoas que conhece e as coisas que tem). Comunica-se na língua inglesa de modo simples, se o interlocutor falar lenta e distintamente e se mostrar cooperante.

Recepcionista – 20 vagas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Incompleto

Perfil Profissional: Recepciona e atende diferentes públicos, por meio de diversos canais de comunicação (telefone, virtual e presencial). Promove a satisfação, a qualidade e a excelência no atendimento. Presta informações e estabelece fluxos de atendimento, com base nos processos, produtos e serviços da organização, de modo a atender com rapidez e eficiência às necessidades do cliente.

Editor de Vídeo – 20 vagas

Escolaridade mínima: Ensino Fundamental II (6º a 9º) – Completo

Perfil profissional: Estrutura narrativas de filmes e vídeos. Edita imagens e áudio. Cria efeitos especiais. Executa a pós-produção de obras audiovisuais. Opera equipamentos de videografismo e imagens ao vivo. Controla funções de software e utiliza produções básicas, MIDI, USB e LAN e Wi-Fi. Dialoga com novas tecnologias e mídias.

Iluminador Cênico – 20 vagas

Escolaridade mínima: Ensino Médio – Completo

Perfil Profissional: Instala equipamentos e executa a iluminação cênica para teatros, televisão e demais espaços cênicos e culturais em áreas internas e externas. Traduz em parâmetros técnicos as expectativas em relação à iluminação desejada. Realiza a leitura de projetos de roteiros de iluminação. Opera, monta e desmonta sistemas de iluminação analógicas ou digitais (mesas controladores, refletores, projetores, dimmers cabeamentos, led, movinglights, filtros, gobos e demais acessórios de iluminação). Determina as melhores fonte de luz para cada contexto.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Começaram nessa terça-feira, 26, as aulas do curso profissionalizante gratuito de Montador de Drywall (gesseiro), ministradas em Congonhas pela Escola Móvel Sesi/Senai em parceria com a Prefeitura de Congonhas, por meio da Diretoria de Trabalho e Renda, e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG). Foram formadas duas turmas divididas em dois turnos: um, das 13h às 17h15. Há ainda três vagas a serem preenchidas nesta turma da tarde. Interessados devem comparecer durante as aulas que acontecem na Escola Municipal Michael Pereira de Souza, na Praia, com Carteira de Identidade, CPF e comprovante de endereço (máximo seis meses). A outra turma é noturna, das 18h15 às 22h30. O curso é gratuito, com duração de 80 horas e oferece 40 vagas. Esta O curso vai até o dia 26 de outubro.

Esta é uma tecnologia nova, de implantação de placas drywall, que aceitam acabamento em pintura e cerâmica. Geralmente estas placas são utilizadas em divisórias, mas podem formar as paredes que delimitam a construção.


Público-alvo

O curso de Montador de Sistema Drywall é destinado aos profissionais da área de construção, que estejam interessados na especialização do sistema ou aperfeiçoamento das técnicas. Também é destinado àqueles que tenham interesse na área e queiram entrar no mercado de trabalho. Segundo a Sesi/Senai, o nível de empregabilidade dos formandos é de 80%.

Perspectivas no mercado de trabalho

O profissional Montador de Sistema Drywall atuará na construção civil, como montador de paredes. O profissional poderá atuar, ainda, de forma autônoma, realizando trabalhos em residências ou empresas.

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Escola Móvel SESI/SENAI chega até Congonhas, em uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Diretoria de Trabalho e Renda, e a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), com o curso profissionalizante gratuito de Montador de Drywall (gesseiro). As inscrições serão realizadas a partir do dia 11 de setembro. Os interessados devem procurar o SINE (à av. Nápolis, 165, Jardim Vila Andreza), das 8h às 16h, levando Carteira de Identidade, CPF e comprovante de endereço (máximo seis meses). Telefone: (31) 3731-3042. O curso é de 80 horas e oferece 40 vagas.

As aulas devem começar no dia 26 de setembro e serão realizadas em dois turnos, uma na parte da tarde, das 13h às 17h15, e à noite, das 18h15 às 22h30, na E.M. Michael Pereira de Souza.


Público-alvo

O curso de Montador de Sistema Drywall é destinado aos profissionais da área de construção, que estejam interessados na especialização do sistema ou aperfeiçoamento das técnicas. Também é destinado àqueles que tenham interesse na área e queiram entrar no mercado de trabalho.


Perspectivas no mercado de trabalho

O profissional Montador de Sistema Drywall atuará na construção civil, como montador de paredes. O profissional poderá atuar, ainda, de forma autônoma, realizando trabalhos em residências ou empresas.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Página 1 de 5

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram