Подробнее на сайте: http://sdelaisebe.ruhttp://build-dwelling.ruhttp://investment-money.ru http://samodelkami.ruhttp://grand-builder.ruhttp://poleznii.ru
http://hold-house.ruhttp://lavandamd.ruhttp://samodelnii.ru http://samodelkinov.ruhttp://stroi-rukami.ru http://pro-nedvijimosti.ru http://mending-house.ruhttp://samodelnaya.ruhttp://grand-construction.ru

A Secretaria Municipal de Saúde informa a população que ocorreu a morte de um macaco na região próxima a Cruz das Almas no dia 7 de novembro.

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Secretaria Municipal de Saúde realizará no próximo sábado, 23 de setembro, o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. Em todo o Brasil, a data foi dia 16, porém em Congonhas ela foi alterada devido às festividades do Jubileu.

A campanha Nacional de Multivacinação está sendo realizada desde o dia 11 e vai até 23 de setembro e tem por objetivo resgatar pessoas não vacinadas e completar o esquema de vacinação, além de atualizar a caderneta das crianças e adolescentes. Mas pessoas de qualquer idade que procurarem os postos de saúde terão seu cartão avaliado e atualizado se houver necessidade.

Nesta campanha são disponibilizadas todas as vacinas do calendário nacional de vacinação, inclusive contra Febre Amarela, doença que ocasionou no início deste ano o maior surto da história de Minas Gerais, e também contra HPV e Meningite C, que recentemente passaram a contar também com os adolescentes como público alvo e que ainda apresentam baixa procura pela população alvo.

Para receber a vacina é só procurar a unidade de saúde da sua região, das 7h às 16h, e levar o cartão do SUS, cartão de vacina e documento de identificação.

No dia D da campanha, o horário de atendimento será de 8h às 17h, em todos os postos de saúde da cidade.

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Secretaria Municipal de Saúde realizará no próximo sábado, 23 de setembro, o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. Em todo o Brasil, a data foi dia 16, porém em Congonhas ela foi alterada devido às festividades do Jubileu.

A campanha Nacional de Multivacinação está sendo realizada desde o dia 11 e vai até 23 de setembro e tem por objetivo resgatar pessoas não vacinadas e completar o esquema de vacinação, além de atualizar a caderneta das crianças e adolescentes. Mas pessoas de qualquer idade que procurarem os postos de saúde terão seu cartão avaliado e atualizado se houver necessidade.

Nesta campanha são disponibilizadas todas as vacinas do calendário nacional de vacinação, inclusive contra Febre Amarela, doença que ocasionou no início deste ano o maior surto da história de Minas Gerais, e também contra HPV e Meningite C, que recentemente passaram a contar também com os adolescentes como público alvo e que ainda apresentam baixa procura pela população alvo.

Para receber a vacina é só procurar a unidade de saúde da sua região, das 7h às 16h, e levar o cartão do SUS, cartão de vacina e documento de identificação.

No dia D da campanha, o horário de atendimento será de 8h às 17h, em todos os postos de saúde da cidade.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Algumas vezes os seres humanos são surpreendidos com ataques de animais. O primeiro passo é a própria vítima lavar imediatamente o local do ferimento com água e sabão e procurar em seguida o atendimento médico. Em Congonhas, as pessoas que sofrem ataques de cães e procuram a UPA 24h são submetidas aos primeiros atendimentos. Ao passar pela avaliação médica sobre a gravidade do ferimento e das condições do animal, o profissional da saúde indicará a aplicação da vacina antirrábica.

A vacinação de pacientes de Congonhas estava sendo realizada em Conselheiro Lafaiete, devido a reduzida quantidade de doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde (MS). Mas a partir desta terça-feira, 19, esta vacina volta a ser disponibilizada pelo MS para Congonhas e aplicada na UPA 24h. Com isso, o tratamento em casos de acidente com animais que podem ser transmissores da raiva ao ser humano fica mais acessível.


Vigilância efetiva em Congonhas:
O resultado final da campanha antirrábica deste ano em Congonhas superou a meta estabelecida. Ao todo foram 8.179 animais vacinados. Na zona rural, 1.618 cães e 188 gatos foram imunizados. Já na área urbana, o número alcançado foi de 5.687 cães e 686 gatos. Congonhas recebeu 10 mil doses de vacinas.


Raiva:
A raiva é uma doença causada por um vírus que acomete todos os mamíferos (cães, gatos, bois, cavalos, porcos, morcegos), inclusive o ser humano, e possui alta taxa de letalidade. A transmissão acontece de animal para animal ou do animal para o homem, por meio da mordida, arranhadura ou lambedura. A principal forma de prevenção da doença é a vacinação de cães e gatos.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Fique ligado! A faixa etária para receber a vacina HPV Quadrivalente foi ampliada, temporariamente, para homens de 11 a 26 anos, e mulheres de 9 a 26 anos. A medida, tomada pelo Ministério da Saúde, busca a utilização dos estoques disponíveis, que têm data de validade até o mês de setembro deste ano, e que possuem baixa procura pelo público adolescente, que é alvo prioritário da vacina.

Para receber a dose, que está disponível em Congonhas, é necessário ir à unidade de saúde da região onde mora, das 7h às 16h, e levar o cartão do SUS, cartão de vacina e documento de identificação. As pessoas vacinadas terão direito às doses de reforço da vacina com 2 e 6 meses após a primeira dose


O resultado final da campanha antirrábica deste ano em Congonhas superou a meta estabelecida. Ao todo foram 8.179 animais vacinados. Na zona rural, 1.618 cães e 188 gatos foram imunizados. Já na área urbana, 5.687 cães e 686 gatos. Congonhas recebeu 10 mil doses de vacinas. Ainda restam doses para busca ativa e reforço dos animais. A vacinação é realizada todos os anos.

A raiva é uma doença causada por um vírus que acomete todos os mamíferos (cães, gatos, bois, cavalos, porcos, morcegos), inclusive o ser humano e possui alta taxa de letalidade. A transmissão acontece de animal para animal ou do animal para o homem, por meio da mordida, arranhadura ou lambedura. A principal forma de prevenção da doença é a vacinação de cães e gatos.


Meninos de 11 até 14 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) já podem receber a vacina contra o vírus HPV, como anunciou o Ministério da Saúde. A ampliação da faixa etária entrou em vigor agora em junho. Para receber a vacina, que está disponível em Congonhas desde janeiro, é necessário ir ao posto de saúde da região onde mora, das 7h às 16h, e levar o cartão do SUS, cartão de vacina e documento de identificação.

O Ministério da Saúde reforça que a vacinação dos meninos contribui para o aumento da proteção também nas meninas, o que vai impactar nas próximas décadas o perfil epidemiológico das infecções que são atribuídas ao HPV em ambos os sexos.

A ampliação fortalece as ações de saúde na população masculina e possibilita a prevenção da ocorrência dos cânceres de pênis, anus, orofaringe e verrugas genitais.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Apesar da orientação do Ministério da Saúde para os estados e municípios disponibilizassem a vacina contra a gripe para todas as faixas etárias a partir desta segunda-feira (5), a Secretaria de Estado de Saúde recomendou que em Minas Gerais somente as pessoas definidas como público-alvo da campanha recebam as doses até a próxima sexta-feira (9).

Conforme a pasta, configuram como prioritários: crianças de 6 meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes em qualquer idade gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas aldeados; indivíduos com 60 anos ou mais de idade; professores na ativa da educação infantil, ensino fundamental, médio e superior das escolas públicas e privadas; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, mediante prescrição médica; e população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde para o ano de 2017 protege contra os três subtipos do vírus da influenza (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é vacinar os grupos com maior vulnerabilidade para complicações e mortes. A maioria dos casos de influenza são casos leves e que se resolvem espontaneamente sem sequelas ou complicações. Entretanto, nos grupos mais vulneráveis, quadro clínico pode se complicar e gerar outras doenças graves, como a pneumonia bacteriana.


Quase 20% do grupo prioritário não foi vacinado

Ainda de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, dos 5,5 milhões de pessoas que fazem parte do grupo prioritário em Minas, quase 833 mil (18,7%) ainda não foram vacinados até esta segunda-feira (5). O objetivo é que pelo menos 90% desta população seja imunizada antes das doses serem oferecidas para o restante da população.

A meta foi alcançada no grupo de indígenas e puérperas, com 100,35% e 90,73%, respectivamente. Os demais grupos estão com baixa cobertura vacinal, sendo as gestantes (65,56%), crianças (66,76%), professores (83,67%), Trabalhador de Saúde (84,53%) e idoso (87,18%). Também foram aplicadas 878.829 de doses nos grupos de pessoas com comorbidades, população privada de liberdade e trabalhadores do sistema prisional.

Trezentos e trinta e quatro (39,16%) municípios mineiros alcançaram a meta de 90% nos grupos prioritários, destes 85 (9,85%) alcançaram homogeneidade da cobertura de vacinação.

"O estado de Minas Gerais tem mais de 20 milhões de habitantes e, portanto, uma eventual ampliação de públicos depende do envio de quantitativos extras. No momento, o Estado dispõe de cerca de 1,6 milhões de doses. Com a ampliação da oferta da vacina da influenza não será possível atender toda a população mineira", argumenta a secretaria.

Fonte: O Tempo

Publicado em Regional

A partir desta segunda-feira (5), a vacina contra a gripe está disponível para toda a população. Com 76,7% do público-alvo vacinado, o Ministério da Saúde orientou estados e municípios a ofertar a vacina para todas as faixas etárias, enquanto durarem os estoques. A medida só é válida neste ano e foi adotada porque ainda há um estoque disponível de 10 milhões de doses.

A campanha vai até sexta-feira (9). A meta é de vacinar 90% do público-alvo, mas, até o momento, nenhum grupo prioritário atingiu o índice, que inclui crianças de 6 meses a menores de 5 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis ou outras condições clínicas especiais; e professores.

O ministério alerta sobre a importância do público-alvo ainda se imunizar para evitar a gripe e seus possíveis agravamentos e ressaltou que a ampliação do público nesta última semana da campanha ocorrerá porque ainda há doses disponíveis. O Amapá é o único estado que atingiu a meta até este momento, com 95,6% do público-alvo vacinado.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde desde o dia 17 de abril protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Segundo a pasta, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.

De acordo com o ministério, é fundamental que as pessoas se vacinem neste momento para estarem protegidas durante o inverno, quando os diversos vírus da influenza começam a circular com maior intensidade. O organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção.

Fonte: Hoje Em Dia

Publicado em Regional

Donos de cães e gatos devem ficar atentos para a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal que acontecerá neste sábado, dia 20 de maio, de 8h às 17h, nas Unidades Básicas de Saúde, escolas e rodoviária. Em algumas localidades os horários da vacinação serão diferenciados. Não será realizada a vacinação dos animais em casa e também não será liberada dose de vacina para os proprietários. A vacinação é gratuita.

A raiva é uma doença causada por um vírus que acomete todos os mamíferos (cães, gatos, bois, cavalos, porcos, morcegos), inclusive o homem e possui alta taxa de letalidade. A transmissão acontece de animal para animal ou do animal para o homem por meio da mordida, arranhadura ou lambedura. A principal forma de prevenção da doença é a vacinação de cães e gatos anualmente.

Locais e horários da Vacinação Antirrábica Animal

8H ÀS 17H
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF PRIMAVERA (PRIMAVERA)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF CAMPINHO (CAMPINHO)
• UPA – ANTIGA ODONTOLOGIA
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF PROFETA (JARDIM PROFETA)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF CENTRO (CENTRO)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF RESIDENCIAL (RESIDENCIAL GUALTER MONTEIRO)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF DOM OSCAR (DOM OSCAR)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF BASÍLICA (BASÍLICA)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF VILA SÃO VICENTE (VILA SÃO VICENTE)
• ESCOLA MUNICIPAL MARIA AUGUSTA MONTEIRO (LAMARTINE)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF ALVORADA (ALVORADA)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF IDEAL (IDEAL)
• ESCOLA MUNICIPAL ENGENHEIRO OSCAR WEINSCHENK (MATRIZ)
• ESCOLA MUNICIPAL JAIR ELIAS (SANTA MÔNICA)
• RODOVIÁRIA (AVENIDA JK – CENTRO)
• ESCOLA ESTADUAL BARÃO DE PARAOPEBA (VILA ANDREZA)
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF - PIRES
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF – LOBO LEITE
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF - JOAQUIM MURTINHO
• CORREIO - MARANHÃo

8H ÀS 12H
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF – VILA MARQUES
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF – PEQUERI

13H ÀS 17H
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF – VILA CARDOSO
• UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE PSF - SANTA QUITÉRIA

Mais informações pelo telefone da Departamento de Fiscalização e Vigilância em Saúde: 3732 1220.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Página 1 de 3

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram