A forte pancada de chuva que caiu da tarde desta terça-feira, 05/12, em Conselheiro Lafaiete derrubou o muro de uma residência na rua Monteiro de Castro, 45, em Gagé. O muro não suportou a força da água e acabou cedendo causando ainda a queda de dois postes de iluminação pública.

O local está ficou energia e a Cemig foi chamada no local. Segundo a Defesa Civil Municipal que esteve no local, a queda do muro causou a interdição da rua José Raimundo já que o entulho ficou espalhado na via.

Na manhã desta quarta-feira, 06/11, uma máquina da prefeitura realizou o serviço de desobstrução da rua. Ninguém se feriu.

33def6d3 d803 4d24 b133 3c4805b27ff9


Temporal alaga Piranga e causa prejuízos

Segunda, 20 Novembro 2017 18:09

A cidade de Piranga foi atingida por um temporal neste domingo 19/11. A chuva forte causou alagamento em vários pontos da cidade.

bac4de52-fc28-4f7f-9c0d-c988d82d37a9Foram cerca 87 mm de chuva com trovões e ventos fortes

01eb2a89-f589-45a3-a07e-0dcb8f37125fO temporal causou estragos na cidade, como na área de eventos onde foi montada a estrutura para a final do Campeonato Mineiro de Motocross, que a cidade sediava no fim de semana.

da658535-f162-4d0c-be23-bf2e55efe37bHouve correria e desespero entre as pessoas que estavam no local, inclusive crianças. Algumas sofreram ferimentos leves.

Fotos: Internautas

Fonte: Fato Real

Publicado em Regional

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia à meia-noite desta quarta-feira (1) a operação para o feriado de finados. Neste feriado prolongado a principal preocupação é com a chuva nas estradas, já que há previsão de pancadas para várias regiões de Minas. A operação vai durar até às 23h59 de domingo.

As principais ações, segundo a PRF, serão com o intuito de reduzir a violência no trânsito e consequentemente os acidentes, melhorar a fluidez no trânsito, e combater as infrações de trânsito, principalmente as que causam acidentes, como alta velocidade e embriaguez, por exemplo.

Não há restrição de tráfego no período. Cerca de 800 policiais vão fazer o patrulhamento nas rodovias, serão 23 radares e 230 etilômetros.


Entre a tarde e a noite deste domingo, a Prefeitura iniciou a distribuição de telhas de fibrocimento, coordenada pela Secretaria de Gestão Urbana, em um dos cinco bairros atingidos pelo temporal da última quinta. A comunidade do Barnabé formou um mutirão para ajudar no trabalho.

A imagem pode conter: árvore, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Nesta segunda de manhã, a entrega das telhas será retomada nesta localidade. Em seguida ela terá sequência na Mineirinha, Campos Altos, Campo das Flores e no Pires. Anteriormente a Defesa Civil havia instalado lona em alguns tetos e a SEDAS levantou as necessidades das pessoas. As pessoas que não podem cozinhar recebem almoço e jantar.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu e atividades ao ar livre

Outra equipe está de plantão na SEDAS (3731-3305) e no CRAS Pires (3733-5179) para atender as vítimas e receberem doações, principalmente de colchões e água mineral, que a Prefeitura também irá comprar. Os moradores de ruas onde ainda falta energia elétrica devem ligar para Diretoria de Concessões Urbanas 3732-1849.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em pé, montanha, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé


Em decorrência da forte chuva de granizo que atingiu Congonhas nessa quinta-feira, 26, o Governo Municipal, por meio do decreto Nº 6.586, declarou situação de emergência nas comunidades de Barnabé, Mineirinha, Campo das Flores e parte do Pires. Nessas localidades, houve destruição parcial e total de, aproximadamente, 100 residências, atingindo 400 pessoas. Com essa medida, a Administração Municipal poderá adquirir bens, prestar serviços e realizar obras para ajudar as famílias atingidas em um prazo de 180 dias, sem necessidade de licitação e sem prejuízo das restrições de Responsabilidade Fiscal.

O decreto também autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMDEC), nomeada pela Portaria Nº PMC/697, em ações que visam a dar apoio a população atingida. Além disso, permite a convocação de voluntários para reforçar os trabalhos de resposta ao desastre e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, céu, casa, atividades ao ar livre e natureza

Em caso de risco iminente, as autoridades administrativas e os agentes de defesa civil podem entrar nas casas para prestar socorro ou para determinar a evacuação; e usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário indenização posterior, se houver dano. Já as propriedades particulares localizadas em áreas de risco intensificado de desastre podem ser desapropriadas.

Clique aqui e leia a Íntegra do decreto Nº 6.586 na página 4.

Vistoria

Segundo levantamento da Defesa Civil, órgão ligado à Secretaria Municipal de Gestão Urbana, 35 casas tiveram suas telhas danificadas no Campo das Flores, 9 na Mineirinha, 11 no Pires, onde os números ainda são parciais, e 20 no Barnabé, bairro em que uma das residências foi interditada. 

A imagem pode conter: planta, árvore, casa e atividades ao ar livre

Atendimento

A Secretaria Municipal de Educação já disponibilizou abrigos na Escola Municipal Odorico Martinho da Silva, no Pires, e na Dr. Victorino Ribeiro, no Campo das Flores, para os moradores passarem a noite, já que a previsão é de chuva ainda nesta sexta-feira, com volume estimado em 11 mm, segundo o Climatempo.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social (SEDAS) ofereceu almoço para algumas famílias e servirá também jantar para estas e outras que não têm condições preparar a própria comida. A continuidade da ação será analisada nos próximos dias. Estão sendo arrecadados donativos, como agasalhos, roupas, roupas de cama e banho, cobertor e colchões. As doações devem ser encaminhadas para o CRAS do Pires (à rua Cruzul, 112) que funcionará no sábado e domingo, das 8h às 18h. Telefone (31) 3733-5179.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, casa, árvore e atividades ao ar livre

A SEDAS (à rua Benedito Quintino, 191, Centro) também estará de plantão no fim de semana para recolher doações e dar suporte às famílias. Telefones: (31) 3731-3305, 3731-1621 e 3731-5179.A Gestão Urbana está viabilizando a compra de água mineral.

O Consórcio Público para o Desenvolvimento do Alto Paraopeba (CODAP), presidido pelo prefeito Zelinho, cedeu 252 telhas e disponibiliza ainda colchões e cobertores para as vítimas da chuva de granizo dessa quinta-feira.

Quem sofreu danos causados pelo temporal dessa quinta que não foi visitado pela Defesa Civil deve ligar durante o final de semana para o telefone 9.8960-1325.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Defesa Civil esteve, até por volta das 21h, no Campo das Flores, onde dez casas tiveram seus telhados danificados pela chuva de granizo,


Três pessoas - um bebê, uma criança e uma idosa - ficaram feridas na tarde dessa segunda-feira (2) após um desabamento de uma casa em Congonhas

Publicado em Ultimas de Congonhas

Após uma forte chuva atingir Congonhas na tarde dessa segunda-feira, 2, a Prefeitura, por meio da Diretoria de Obras e Manutenção Urbana, começou a executar o serviço de limpeza por toda a cidade. Os trabalhos continuam nesta terça-feira, em um mutirão de varrição e recolhimento de lama, árvores e galhos que estão obstruindo as pistas. A equipe já passou por diversos pontos, como Vila Andreza, Basílica e estrada de Casa de Pedra. Já a Defesa Civil do Município está fazendo vistorias nas casas que tiveram suas telhas arrancadas e dando suporte à população.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Vagner Cordeiro, os impactos na cidade foram causados, principalmente, pela força do vento. Ele explica, ainda, que não há risco de enchente e que alguns pontos ficaram alagados porque a água retornou pelas bocas de lobo. Por isso, é importante que a população não jogue lixo e entulhos nos bueiros e rios. Quanto à segurança, recomenda: “Se perceberem que há algum risco de queda, os moradores devem sair de casa e acionar a Defesa Civil”.

O Governo Municipal conta com um Plano de Contingência, que envolve setores da Prefeitura, como a Secretaria de Gestão Urbana (através da Defesa Civil Municipal: monitoramento e vistorias); Secretaria de Obras (pessoal e maquinário); Secretaria de Educação (cessão de prédios das escolas municipais para servirem de abrigos); Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (distribuição de alimento, vestimentas e roupa de cama, encaminhamento de possíveis vítimas à rede de saúde para atendimento); Secretaria de Saúde (atendimento médico); e Secretaria de Comunicação e Eventos (cobertura jornalística nos locais atingidos e veiculação das notas oficiais).

Segundo o Climatempo, a previsão é de chuva para esta terça, com volume de 23 mm e velocidade do vento de 13 km/h, números bem inferiores aos que causaram um temporal na cidade nessa segunda.

Telefones úteis

Defesa Civil: 199

Bombeiros: 193

Publicado em Ultimas de Congonhas

Minas Gerais tem, hoje, 266 municípios em situação de emergência decretada pelo governo do Estado em função de seca. Isso significa que três em cada dez cidades mineiras (31%) sofrem com a falta de chuvas e problemas de abastecimento de água.

Em Carmo do Cajuru, na região Centro-Oeste, o distrito de São José dos Salgados, que tem uma população estimada de 5.000 pessoas, entrou nessa quarta-feira (27) em abastecimento intermitente e não receberá água das 9h às 19h, até a finalização de um poço artesiano que está sendo providenciado pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) da cidade. “Nosso prazo é de pelo menos 15 dias para terminar o poço e normalizar o abastecimento”, explica o diretor técnico do SAAE de Carmo do Cajuru, Fábio Rabelo Melo. Esse será o quinto poço artesiano construído para abastecer o distrito, uma vez que o açude, que alimentava de água São José dos Salgados, secou.

A prefeitura local decretou, há cerca de 15 dias, que a água da cidade deve ser usada apenas para consumo, humano e moradores que desperdiçarem podem ser multados em R$ 233,25. “Já recebemos cerca de 60 denúncias desde o decreto. Mas não houve multa porque estamos primeiro notificando as pessoas. A multa é só na reincidência”, explica Melo. O diretor descarta um racionamento no município, mas informa que o reservatório que abastece a cidade está com cerca de 20% de sua capacidade preenchida.

Na mesma região, Bom Despacho também está fazendo rodízio de abastecimento. O município decretou situação de emergência no último dia 15. Na cidade, não chove há 106 dias. A Copasa informou que, para resolver o problema na cidade, está perfurando quatro poços e distribuindo 675 mil litros de água tratada por meio de carretas e caminhões-pipa.

Segundo o secretário executivo da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amams), no Norte de Minas, Ronaldo Mota Dias, nos 93 municípios que formam a associação, as regiões rurais são abastecidas por caminhões-pipa. “Na parte urbana, pelo menos 20 municípios também recebem água dessa forma. Em Varzelândia, o caminhão-pipa tem que viajar 200 km para captar água”, diz Ronaldo. Em Paracatu, no Noroeste, o rio Paracatu, um dos maiores afluentes do São Francisco, está seco. “O rio está só com um ‘filetinho’ de água. Era um rio em que passava barco a vapor. A cidade está em racionamento de água, tem bairros que estão há cinco dias sem água”, contou o morador da cidade Eduardo Pimentel, 44.
Confira a lista das cidades em situação de emergência aqui.


Chuvas chegando?

Belo Horizonte e região. Depois de 107 dias sem chover, pancadas de chuva atingiram nessa quarta-feira (28) alguns pontos da capital mineira e de cidades da região metropolitana. A chuva, segundo o meteorologista Claudemir Félix, do ClimaTempo/PUC Minas, deve continuar na região no fim de semana.

Outras regiões do Estado. As chuvas que chegaram à capital devem afetar o Triângulo Mineiro, o Alto Paranaíba, o Sul de Minas, a Zona da Mata e 0 Centro-Oeste, diz Claudemir.

Na próxima semana. O meteorologista informa que a partir de terça-feira da próxima semana (3/10), as chuvas podem chegar ao Leste e ao Norte do Estado. A precipitação deve melhorar a umidade do ar, mas não afeta o quadro de seca da região.

Fonte: O Tempo

Publicado em Regional

O Governo Municipal está realizando a limpeza dos rios e outros córregos. A medida, além de evitar a proliferação de insetos, como o mosquito da dengue, reduz consideravelmente a possibilidade de transbordamentos, em caso de grande incidência de chuvas. O mesmo cuidado havia sido tomado em 2015 e 2016 e, quando as águas chegaram, elas fluíram sem causarem grandes problemas à cidade.



A Secretaria de Obras já cortou a vegetação morta nas margens dos rios Maranhão, entre antes do Jardim Profeta e o Residencial, e Santo Antônio com a roçadeira. Agora a retroescavadeira está empurrando este material e o lixo que as pessoas insistem ainda em jogar no leito dos rios até um terreno na Fonte dos Moinhos. Desde quando a limpeza no atual molde começou a ser feita, o leito do rio Maranhão já ficou mais profundo 1,2 metro, o que o ajuda a comportar as águas dos períodos de chuvas.



O córrego Hematita, na Praia, já está limpo. Outros cursos d’água do Município também receberão este serviço. A previsão é para que em, no máximo, 20 dias o trabalho seja concluído.

A Prefeitura solicita ao cidadão que não jogue nenhum tipo de lixo nas margens ou leito dos cursos d’água, já que a cidade conta com um serviço de coleta de resíduos sólidos eficiente.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Página 1 de 5

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram