Подробнее на сайте: https://runcomputer.ruGo to top of pagehttps://ddauto.ru https://avtoforward.ruhttps://oncomputer.ru
https://proavtoremont.ru
https://robustauto.ru https://freshcomputer.ruhttps://repairurauto.ruhttps://computertab.ruhttps://dircomputer.ru https://clearcomputer.ru https://autotodrive.ru https://init-pc.ru https://catchcomputer.ru https://controlcomputer.ru

O prefeito de Congonhas, Zelinho (PSDB) prestou solidariedade e apoio a permanência do Capitão Ronaldo Rosa de Lima a frente do Comando da 2ª Cia de Bombeiros de Lafaiete. “Eu liguei ao Ronaldo e fui procurado pelo presidente da Câmara de Lafaiete, o Sandro, que me pediu apoio. Quero deixar meu testemunho de sua atuação, sempre solícito e dedicado. Espero que esta situação se reverta, pois é um funcionário exemplar inclusive dentro da corporação”, disse.

Zelinho criticou a linha e o teor da matéria veiculada no Jornal Estado de Minas, na semana passada que acendeu a polêmica em torno de uma declaração do Capitão sobre a barragem. “O Capitão me disse que foi uma conversa com o jornalista e ele pensou o que interessava ao jornal, dando uma repercussão nacional”, assinalou. “Esta conversa de barragem dá IBOPE no Brasil. Vamos continuar ouvindo isso por mais tempo e esta notícia vende jornal. È um assunto nacional”, salientou.

Zelinho afirmou que os técnicos do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) garantiram a estabilidade da barragem. “Eles afirmam que a barragem é mais segura que eles têm conhecimento”, disse.

Por outro lado ele criticou os órgãos ambientais que liberaram a construção da barragem Casa de Pedra. “Foi um grande erro à época, há mais de 20 anos, quando os órgãos ambientais permitiram a construção desta barragem perto da zona urbana. Hoje temos que resolver o problema. Em nenhum lugar do mundo deixariam construir uma barragem desta perto de uma área residencial”, refletiu. “Não fui eu que autorizei a construção desta barragem. A empresa não tem como mudar agora a barragem ou vamos parar a mineradora e perder 7 mil empregos?”, questionou Zelinho.

Ele disse que está em constante contato com CSN para que ao longo dos anos desative a barragem e faça contenção de rejeitos a seco, revegetando o local. “Esta conversa está bem adiantada de construir uma outra barragem a seco e desativar esta perto da zona urbana. Mas isso vai levar anos. Este é o nosso entendimento com a CSN e de cobrar mais segurança aos moradores”, frisou

Ele também pediu a mineradora a implantação do Plano de Contingência. “A empresa já deveria ter implantado o Plano de Contingência para levar mais segurança e treinamento aos moradores em caso de algum perigo. Ela deveria ter feito este programa e é uma obrigação dela dentro da legislação ambiental”, comentou. “O nosso papel é levar tranquilidade a população e monitorar a situação. É o que estamos fazendo através da secretaria de meio ambiente”, finalizou.

Fonte: Correio de Minas

Publicado em Ultimas de Congonhas

A lembrança dos vizinhos que se foram deixa o pequeno povoado do Mota, em Ouro Preto, um pouco mais solitário para seus cerca de 500 moradores e os vizinhos do Bairro Pires, em Congonhas.

Publicado em Ultimas de Congonhas

O legado de Dom Silvério e sua importância para a história de Congonhas será celebrado durante o 5° Tributo dedicado a esse congonhense, que foi o primeiro bispo negro da Igreja Católica. A homenagem será realizada nos próximos dias 21 e 22 e faz parte das comemorações pelo Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro. O evento é promovido pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em parceria com a FUMCULT e as secretarias municipais de Educação e Cultura.

Na terça-feira, 21, será celebrada uma missa na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Após a celebração, será realizada uma apresentação do grupo de congado Marujos de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia.

Já na quarta-feira, 22, o Museu de Congonhas recebe, às 17h30, uma mesa-redonda, com o tema “Silvério de Congonhas, uma trajetória de vida”. O bate-papo terá a participação de Maria do Carmo Dias Camelo, André Candreva, Paulo Henrique de Lima Pereira, Cláudio Riomar e mediação da secretária municipal de educação, Maria Aparecida Resende. Alunos da E.M. Fortunata de Freitas Junqueira farão uma apresentação.

Em seguida, os participantes poderão visitar a exposição “Silvério das Gerais: o bispo, o negro, o sábio”. Já às 20h, terá show de Nhandú Carvalho e Banda.

Publicado em Eventos

Na última quarta-feira, dia 15, por volta das 16h, em patrulhamento pelo bairro Alvorada, a Polícia Militar se deparou com um homem, já conhecido pelo meio policial por seu envolvimento com diversos delitos, dentre eles homídio e roubo.

Foi realizada a abordagem do indivíduo sendo localizado próximo ao seu pé um envólucro plástico contendo em seu interior substância com características análoga à maconha.

Indagado sobre o produto ele assumiu a propriedade e disse que adquiriu de outro homem, para consumo próprio.

Diante dos fatos foram tomadas as medidas cabíveis.


Vem aí o “Jubileu da Educação: fé, feira e festa”, uma homenagem aos 260 anos da origem da devoção e fé ao Senhor Bom Jesus de Matosinhos.

O projeto, promovido pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, envolveu as 32 escolas da rede municipal de ensino em ações que valorizam o patrimônio local.

O resultado desse trabalho será uma grande festa: neste sábado, 18, a Praça JK irá se transformar no Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, com participação de toda a comunidade escolar. Das 8h às 12h, a população poderá prestigiar uma programação especial, que conta com apresentações culturais, exposição de trabalhos artesanais e outros produtos.

Em reconhecimento à identidade, à diversidade e ao aspecto histórico-cultural do Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, durante o ano foram desenvolvidas ações interdisciplinares que resgataram os aspectos dessa festa, uma das maiores peregrinações religiosas do Brasil. Além disso, os alunos fizeram atividades relacionadas à música, artesanato, teatro, desenhos, entre outras.

Publicado em Eventos

A av. JK já está sendo recapeada entre a ponte que fica próxima ao Terminal Rodoviário e o ponto de acesso à BR-040. O serviço já foi realizado do lado direito da pista, no sentido que vai do Centro à rotatória que indica a saída de veículos com destino a Belo Horizonte. O outro lado começa a receber o novo asfalto nesta sexta-feira, 17, data prevista para conclusão dos trabalhos. Em seguida, será feito o alteamento dos bueiros. O Departamento de Trânsito, por meio de seu Departamento Operacional, informa que o tráfego de veículos está funcionando em sistema de pare e siga.

Esta obra e a da rua Barão de Congonhas fazem parte de um pacote de recapeamento que está sendo feito por toda a cidade. O serviço deve seguir para a rua Casa de Pedra (Vila Andreza), av. Nápolis (Jardim Vila Andreza) e o acesso que liga a UBS de Santa Quitéria ao Ginásio Poliesportivo da localidade. O trabalho já foi realizado na rua do Rosário e na rua Barão de Eschweg, no ponto que liga o novo Rosário ao Poliesportivo da Matriz.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza

Outro ponto recebe manutenção

Outro ponto da av. JK que passa por reforma fica na altura do Terminal Rodoviário. Para resolver o acúmulo de água das chuvas, está sendo realizado o fresamento do asfalto nesse trecho, que depois será recapeado. Também será instalada uma boca de lobo.

Publicado em Ultimas de Congonhas

A Via 040, concessionária da BR-040, vai liberar, nesta sexta-feira, 17, a nova estrutura do Viaduto Telésphoro Cândido de Rezende, localizado no Km 610, nas proximidades do bairro Santa Mônica, em Congonhas.
A pista no sentido Belo Horizonte funcionou com mão e contramão até esta quinta-feira para que a do sentido Conselheiro Lafaiete terminasse de receber reforço estrutural.

Motoristas devem ter atenção ao passar pelo local inclusive nesta sexta, dia em que as duas estruturas do viaduto já estarão em pleno funcionamento, desde a parte da manhã, segundo a Via 040.


Na última quarta-feira, feriado que comemora a Proclamação da República, a equipe infanto feminina de vôlei da Prefeitura de Congonhas, comandada pelo treinador Marcinho, realizou mais uma partida da fase classificatória da Liga Mineira de Voleibol 2017.

A equipe oscilou um pouco no início, perdendo o primeiro set para o Cruzeiro, de Belo Horizonte, mas mostrou um jogo mais consistente e venceu os outros dois sets em cima da equipe do Cruzeiro, fechando em 2 sets a 1, com parciais de 25/27, 25/21 e 25/21.

A melhor atleta da partida foi Pâmela Pessoa ponteira da equipe congonhense. A partida foi realizado no Ginásio do Riacho em Contagem

A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, selfie

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos


Os alunos entre 12 a 17 anos dos núcleos das escolinhas de voleibol da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sel), com sede no Poliesportivo Central, na Praia, participaram de uma palestra com o tema “Autoestima porque se amar é se cuidar”. Ministrada pela psicóloga Regina de Moura Salles, da Clínica M, da Secretaria Municipal de Saúde, a palestra teve como objetivo provocar os alunos das escolinhas a refletirem acerca dos seus sentimentos perante as dificuldades e dúvidas que ocorrem nesse período tão complexo da vida. Esta foi uma das diversas ações desenvolvidas pelo Programa Congonhas Mais Saudável, da Sel, em consonância com o PESC (Programa de Educação em Sexualidade e Cidadania). Ambos visam a contribuir para a formação do indivíduo crítico, autônomo e participativo.

Segundo a psicóloga Regina, que instigou os alunos com perguntas sobre a realidade deles, a rotina, sonhos e ambições, “a base sentimental do ser humano é formada no primeiro ano de vida, quando ele deve se sentir seguro. A autoestima é o valor que a pessoa dá a si mesma. Com esta elevada, é possível fazer boas escolhas, evitando situações que levem a riscos desnecessários a integridade física, moral ou mental. Com esta base, na adolescência ela poderá viver melhor em família, na escola e nos relacionamentos amorosos. Mas na média infância ou adolescência, é possível recuperar a pessoa de baixa autoestima com um acolhimento adequado. Então traçamos, durante a palestra, um pequeno histórico de como a autoestima se forma ao longo da vida. Quem é bem tratado pela família e na escola tende a se fortalecer”.

A aluna das escolinhas de vôlei da Sel, Ana Luiza, de 13 anos, da Fonte dos Moinhos, e estudante da E. M. Judith Augusta, acompanhou a palestra. “Achei importante, porque tem muitas pessoas que não acreditam em si mesmas. Eu mesma aprendi a ter mais confiança e a me relacionar ainda melhor com a família, com os outros alunos e com os professores”, diz.

Quem também esteve no Poliesportivo foi o ex-atleta das escolinhas de vôlei da Sel, Nelson Sérgio Faria, de 20 anos, mas que ainda atua pela equipe da Prefeitura em competições como o JIMI, apesar de agora jogar pela equipe juvenil do Olímpico, de Belo Horizonte. “Palestras como esta são essenciais para o adolescente, atleta ou não, mas também de grande importância para o que pratica alguma modalidade visando ao alto rendimento, porque este tem ainda outros desafios no dia a dia. Eu tive dificuldades de adaptação no clube. Então a psicóloga de lá me ajudou com isso. Aprendi que quando deixamos nossa casa para buscar um sonho, temos de nos tornar mais profissionais e um pouco menos sentimentais”, testemunhou.

Nelson se diz feliz por saber que, a exemplo do João Cordeiro, que atua no Minas e na Seleção Brasileira Sub 19, é tratado pelo treinador esportivo da Sel, Marcinho, como referência para os alunos das escolinhas de vôlei. “Isso é bom para minha autoestima, mas também para a garotada. Como começamos no mesmo local que eles e com as mesmas orientações, eles também podem trilhar o caminho que nós dois estamos trilhando”, afirma.

Ao final da atividade, o secretário municipal de Esporte e Lazer, José Lúcio de Castro, conversou com os alunos, agradecendo a participação destes nas ações de ambos os programas – escolinhas esportivas e PESC – e o empenho dos servidores de sua pasta para desenvolvê-los. “Os esforços dos servidores e dos alunos, como de suas famílias, fortalecem o trabalho da Sel e a busca por mais atividades em parceria com a equipe multidisciplinar da Prefeitura de Congonhas, melhorando o atendimento ao cidadão”, garantiu o secretário.

O que é e como funcionam os programas?

O Programa “Congonhas Mais Saudável” é uma intervenção do poder público para a prática orientada de atividades físicas (caminhada, ginástica, esporte, etc), dirigidas às pessoas já praticantes e àquelas que pretendem (e devem) iniciar essa prática, levando em consideração a comprovada estreita relação de benefícios das atividades físicas orientadas contra o surgimento, agravamento ou mesmo tratamento de várias doenças. O programa conta com equipe multidisciplinar de profissionais especialistas em áreas a fins, visando a avaliação, informação, supervisão e intervenção nas atividades.

Um objetivo claro da Prefeitura de Congonhas, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, é continuar a aumentar sua gama de parcerias, apoios a eventos das associações de bairro e outras atividades da área de esporte, lazer e recreação, sempre com fins de trabalhar intensamente para a formação de cidadãos críticos e agentes capazes de transformação social e contribuir ainda para que a população tenha uma adequada qualidade de vida.

Programa de Educação em Sexualidade e Cidadania (PESC) – A Prefeitura de Congonhas, por meio das secretarias de Saúde, Esporte e Lazer, Desenvolvimento e Assistência Social e Educação, desenvolve o Programa, que é uma proposta pública de programa de atividades orientadas, de caráter educativo e participativo, e que tem por meta promover o desenvolvimento dos jovens nos aspectos humano, familiar, social, educacional e desportivo. O programa é desenvolvido no Município há mais de 10 anos. Em junho de 2012, entrou em vigor a Lei 3193, que institui a Política Municipal para a Juventude que criou o PESC, em consonância com as legislações federal e estadual vigentes.

A gestora do PESC pela SEL, Lúcia Farinha, explica que , “a SEL, por meio do Programa Congonhas Mais Saudável e PESC, promove oficinas como as de modalidades esportivas e participa dos Mini–Encontro Municipal de Adolescentes (Mini-EMA), contando com a participação dos alunos e levando a estes o conhecimento acerca das modalidades esportivas; palestras informativas e de orientação a respeito da prática esportiva e outros assuntos relacionados; aulão de dança e alongamento; e intercâmbio de jogos. Desde 2017, a SEL conta com mais uma atividade nos Programas que são as intervenções nas escolinhas de esportes”.


As atividades ocorrem conforme agenda das demais secretarias envolvidas. Estão em atividade treze núcleos de escolinhas de esporte ativos em várias regiões do município, com aulas de 50 minutos que acontecem duas vezes por semana.

Crianças e jovens interessados em participar das escolinhas de esporte devem procurar a Secretaria de Esporte e Lazer, à Praça Olímpica João Baeta, s/nº, na Praia, ou ligarem para o telefone: 3731-4374.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Ajudante Geral – Região de Congonhas
Descrição da Vaga: Preparar tintas para serem aplicadas conforme instrução, pintar peças, limpeza e lavagem de peças com solvente biodegradável e água. Limpeza mecânica de peças e auxiliar o soldador nas atividades de pré montagem de solda.
Requisitos: Vivência no segmento de mineração / Ensino Médio.

Soldador – Região de Congonhas
Descrição da Vaga: Cortar peças de ligas metálicas utilizando processos de soldagem como eletrodo revestido, tig, mig, mag, oxigás, arco submerso, brasagem e plasma. Inspecionar subconjuntos para elaborar relatórios de inspeção. Leitura e interpretação de desenhos.
Requisitos: Experiência com processo de soldagem / Ensino Médio.

Caldeireiro – Região de Congonhas
Descrição da vaga: Realizar corte e ajuste de chapas para montagens de componentes estruturais; Pontear peças, travamentos e ou dispositivos auxiliares; Preparar equipamentos, acessórios, consumíveis de soldagem e corte de peças a serem soldadas; Inspecionar subconjuntos para elaborar relatórios de inspeção; Ler e interpretar desenhos com a finalidade de traçar, cortar e montar os componentes conforme especificado; Operar ponte rolante; empilhadeiras e talhas.
Requisitos: Experiência na função / Ensino Médio.

Para maiores informações clique aqui.

Publicado em Vagas de emprego

Página 1 de 185

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram