A forte pancada de chuva que caiu da tarde desta terça-feira, 05/12, em Conselheiro Lafaiete derrubou o muro de uma residência na rua Monteiro de Castro, 45, em Gagé. O muro não suportou a força da água e acabou cedendo causando ainda a queda de dois postes de iluminação pública.

O local está ficou energia e a Cemig foi chamada no local. Segundo a Defesa Civil Municipal que esteve no local, a queda do muro causou a interdição da rua José Raimundo já que o entulho ficou espalhado na via.

Na manhã desta quarta-feira, 06/11, uma máquina da prefeitura realizou o serviço de desobstrução da rua. Ninguém se feriu.

33def6d3 d803 4d24 b133 3c4805b27ff9


Minas Gerais foi o único entre os seis estados mais populosos do país a apresentar queda no número de latrocínios – roubos seguidos de morte – nos últimos sete anos. Os dados são do 11º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança, que será lançado nesta terça-feira.

O estudo, que concentra estatísticas oficiais das autoridades de segurança dos estados, mostra que os latrocínios cresceram 57,8% no Brasil. Em 2016 foram registrados 2.514 assassinatos cometidos durante o ato do roubo ou em consequência dele. Na edição anterior do estudo, divulgada em 2010, o número havia sido de 1.593.

Em 19 estados houve aumento nesse tipo de crime. Rondônia (124%), Tocantins (73%) e Rio de Janeiro (70%) foram os estados com maior crescimento. No outro extremo, entre as unidades da federação em que os índices de latrocínio regrediram, as principais quedas foram em Roraima (45%), Paraíba (28%) e Amapá (23%). Nos seis estados mais populosos além do Rio de Janeiro, foram registradas altas em São Paulo (1,2%), Bahia (1,4%), Paraná (8,3%), Rio Grande do Sul (17,1%) e Pernambuco (45%). Apenas em Minas Gerais houve recuo, de 10,6%.

Na relação entre o número de latrocínios e a população, o Pará aparece como o mais violento, com 2,6 casos por 100 mil habitantes no ano. Outros quatro estados superaram o índice de 2/100mil: Pará, Goiás, Amapá, Amazonas e Sergipe. Na outra ponta da tabela, Tocantins, São Paulo, Santa Catarina, Paraíba, Paraná e Minas Gerais ficaram abaixo de um por 100 mil. A taxa média do paíse é de 1,2 latrocínios a cada 100 mil habitantes.

Para especialistas, a alta generalizada tem relação direta com a crise econômica que o país tem enfrentado. Sem recursos, os estados reduziram os investimentos em estrutura e pessoal nos últimos anos.

Fonte: Estado de Minas

Publicado em Regional

As estradas de Minas, administradas pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv), registraram 11 mortes durante o feriado de Corpus Christi em 2017. O número é metade do registrado em 2016, quando houve 22 mortes nas MGs. O número de acidentes com vítimas também caiu. Neste ano foram 10 acidentes com vítimas, contra 25 no ano passado.
O número de acidentes total também caiu. No ano passado foram 270 acidentes e neste ano foram 223. Também houve redução no número de feridos deste ano em comparação com o ano passado. Em 2016 foram 224 pessoas feridas em acidentes contra 203 neste ano.

Operação

Foram realizadas 3.260 operações e fiscalizados 50 mil veículo. Durante as fiscalizações foram 139 presas e 37 adolescentes apreendidos por vários crimes. Além disso, foram apreendidas 51 armas de fogo.
Um total de 238 pessoas tiveram a carteira de habilitação ou permissão para dirigir apreendidas. Desse total, 46 motoristas foram presos por embriaguez ao volante e foram captados por radares 4.675 imagens de veículos de excesso de velocidade.

Publicado em Regional

O corpo localizado na tarde de ontem (15), na área atingida pelo rompimento da barragem da Mineradora Samarco, em Mariana, foi reconhecido oficialmente como sendo de Vando Maurílio dos Santos, de 37 anos. Ele era funcionário da empresa terceirizada Integral Engenharia Ltda. e estava na lista de desaparecidos, que agora passa a ter apenas dois nomes.

O cadáver estava na área do acidente, próximo a um caminhão que havia sido localizado no início da semana. Peritos estão no local, neste momento.

Com o reconhecimento oficial do corpo de Vando, sobe para 17 o número de vítimas fatais da queda da barragem, ocorrida em 5 de novembro.  O cadáver estava soterrado, na área do acidente, próximo a um caminhão que havia sido localizado no início da semana.

Permanecem desaparecidos Edmirson José Pessoa (48 anos), funcionário da Samarco, e Ailton Martins dos Santos (55 anos) que também prestava serviços como terceirizado, pela Integral Engenharia. O inquérito, presidido pelo delegado Regional de Ouro Preto, Rodrigo Bustamante, está em seu terceiro volume e 53 pessoas já foram ouvidas nos autos, até o momento.

Publicado em Regional

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram