A Equipe de Vôlei Feminina Adulta da Prefeitura de Congonhas participou, nesse final de semana, da primeira competição na temporada e já se sagrou campeã do 1° Torneio de Voleibol Feminino R21 SPORTS, realizado no ginásio da Faculdade de Educação Física e Desportos (FAEFID), da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Na fase classificatória, a equipe formada por atletas de Congonhas, C. Lafaiete e Barbacena e comandada pelo técnico Márcio Reis (Marcinho) perdeu para o UNIVOLEI por 2 sets a 1 e se recuperou com um 2 a 0 sobre o Volley Cats. Na semifinal, Congonhas bateu o IFJF também por 2 sets a 0 e, na decisão, devolveu os 2 a 1 ao UNIVOLEI, que ficou com o vice-campeonato. O Geração JF foi o 3º colocado.

Para o treinador esportivo da Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Congonhas, Marcinho, "este foi um começo maravilhoso de trabalho. O objetivo foi conhecer o grupo. Demos oportunidade para todas as atletas com o intuito de verificar as possibilidades de cada uma. A resposta não poderia ser melhor. A equipe é formada por jogadoras das categorias infantil, infanto e adulto. O torneio em Juiz de Fora serviu para uma troca de experiências muito valida. E fica o nosso agradecimento a essas guerreiras que enfrentaram uma batalha com quatro jogos num calor forte e superaram todas as nossas expectativas”.

Após a disputa da Liga Mineira Infanto, a Prefeitura de Congonhas e o Aprendiz, Barbacena (segundo e primeiro colocados daquela competição respectivamente), aventaram a possibilidade de unirem força com C. Lafaiete para formarem uma equipe adulta forte o suficiente para disputar as competições edtaduais com chances reais de chegar entre os primeiros colocados, o que começou a ser colocado em prática nesse sábado. O técnico Walter Ricardo , do Aprendiz, indicou Ágata e Ģabriela do Infanto e ainda a filha Juliana Souza, que atua no interior paulista.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas praticando esportes e campo de beisebol

Atletas da equipe da Prefeitura de Congonhas: Tábata Aline, Luciene Silva, Cristina Augusta, Isadora Andréa, Rayla Nicole, Caroline Lana, Ana Flávia, Gabriela Tomas, Juliana Souza e Ágata Maisa. Técnico: Márcio Reis (Marcinho).

Nas premiações individuais, Rayla Nicole foi a atleta destaque da partida Prefeitura de Congonhas x Volley Cats, Ana Flávia a atleta destaque de Prefeitura de Congonhas x IFJF. Entraram para a Seleção do Campeonato as seguintes atletas da equipe de Congonhas: Caroline Lana – melhor ponteira, Cristina Augusta – melhor líbero e Juliana Souza – atleta MVP eleita a melhor do torneio. Marcinho foi considerado o melhor técnico da competição.


Equipes participantes:

Grupo A
Geração JF
Escola de Vôlei Barata
IFJF Vôlei

Grupo B
Volley Cats (Petrópolis)
UNIVOLEI (Juiz de Fora)
Prefeitura de Congonhas

Publicado em Ultimas de Congonhas

A equipe da Prefeitura de Congonhas conquistou o inédito vice-campeonato da Liga Mineira de Vôlei Infanto. No dia do aniversário dos 79 anos da cidade, o Poliesportivo Central recebeu a finalíssima do torneio. O Aprendiz de Barbacena ficou com o título ao vencer as donas da casa por 3 sets a 1: parciais de 24/16, 23/25, 25/20 e 12/25. Na preliminar, o Aprendiz conquistou também o troféu de campeão da categoria Infantil, batendo o Doriol de C. Lafaiete por 3 sets a 1.

Na semifinal, Congonhas havia eliminado o Sada Contagem. Na fase classificatória, vencido o Aprendiz (Barbacena), Mackiense E. C. (BH), SADA SESI Contagem e Cruzeiro E. C. (BH) e sido derrotada pelo Clube Atlético Rodoviário (Contagem) e Praça de Esportes Pará (Pará de Minas).

O planejamento traçado pelo treinador esportivo da Sel, Marcinho, visava a colocar sua equipe na final, o que aconteceu. “Na semifinal, conseguimos reverter um 2 a 0 contra o Sada Contagem com muita luta, na casa das adversárias. Na final, os dois primeiros sets foram equilibradíssimos e no 3º set encontramos nosso verdadeiro jogo, vencendo com segurança em todos os fundamentos. E no 4º set, nossa recepção oscilou, o Aprendiz abriu 6 pontos de vantagem, tentamos anular taticamente o jogo, mas a equipe de Barbacena venceu com mérito. Temos de valorizar o 2º lugar porque chegar até aqui não foi fácil”, avaliou.

Rayla, de 18 anos, é uma das atletas que está deixando o Infanto e poderá reforçar a equipe adulta. Ela e várias colegas sentiram o peso de decidir em casa. “Ficamos nervosas por estarmos diante da nossa torcida. Antes jogamos somente no Ginásio do Riacho, em Contagem, mas é bom aprender a atuar em casa também. Nossa caminhada está só começando, vamos disputar muitas competições pelo Estado e o apoio dos congonhenses será sempre muito importante”, disse agradecida.

Isadora, levantadora e capitã do time, afirmou que a equipe treinou demais com objetivo de levantar o troféu. “A gente queria muito ganhar este título. Esses olhos marejados como capitã representa a vitória, mas que sabemos que poderia ter sido maior, a cidade merece porque temos uma estrutura muito boa oferecida pela Prefeitura e a Sel, além de um treinador excelente. Espero que este vice-campeonato anime as próximas gerações e que elas se inspirem na nossa boa posição. Eu pretendo seguir pro time adulto da Prefeitura agora”, comentou.

Jayne é outra que enaltece o trabalho de ponta que é desenvolvido no esporte de Congonhas: “Em virtude da estrutura que a Sel nos oferece, como material novo, quadra com piso novo, o suporte que o técnico Marcinho nos deu, queríamos ganhar esse título. A gente percebe uma melhora muito grande de condições de trabalho aqui no Poliesportivo Central, no Dom Oscar onde as condições melhoraram muito em relação aos anos anteriores. Em breve virá o ginásio de Nova Cidade, estamos empolgadas para jogar lá também. Quem sabe a próxima Liga Mineira com os outros times do Marcinho possa ser sediada aqui já no novo ginásio”.

As campeãs valorizaram o título ganho em Congonhas. Mariana estreou este ano no Aprendiz. “É muita pressão, mas é muito bom vencer a Liga pela primeira vez. Tentamos não deixar a bola cair, utilizamos inclusive o pé quando necessário”.

Isadora, ainda com 14 anos, foi titular do Infantil e chegou a atuar pelo Infanto na final também. “O nosso grupo é muito unido, é incrível, temos até um grito com a participação do treinador. Pretendo seguira na carreira de jogadora”.

Fica técnica

Jogo: Decisão da Liba Mineira – Categoria Infanto.

Local: Poliesportivo Central, em Congonhas

Arbitragem: 1º árb. Paulo Lins, 2º árb. Romildo Santana.

Prefeitura de Congonhas: Isabela, Aline, Jéssica, Jayne, Pâmela, Talia, Rayla, Nicole, Isadora (C), Daniele. Téc. Marcinho.

Aprendiz: Ágata (C), Beatriz Ribeiro, Duda, Caroline Correa, Mariana, Mariane, Isadora, Gabriela, Jenifer, Camile, Ana Beatriz. Téc. Walter Ricardo.

Sequência do trabalho

Sobre a sequência do trabalho de formação, que começa na escolinha e só termina na equipe adulta, o treinador explica que o caminho é longo e nem sempre linear. “Depois de estourarem a idade da categoria Infanto, algumas jogadoras vão fazer vestibular e depois seguem pra faculdade, outras vão trabalhar e tem as que vão conseguir voltar e reformar o time adulto. Mas está vindo uma geração promissora, alta, forte do mirim ao infantil que vai ajudar as remanescentes do infantil e do Infanto, porque neste grupo vice-campeão temos uma menina mirim e duas do infantil, que têm muito o que aprender ainda. Devem jogar a próxima Liga Mineira juntas”.

A Sel está planejando dar um novo salto na estrutura que proporciona aos atletas das diversas modalidades. O trabalho da Secretaria tem cunho socioeducacional, mas com a evolução dos atletas se chega ao esporte de rendimento. “Quando começamos a trabalhar neste novo estágio, sentimos a falta de um melhor preparo físico. Já conversei com o diretor Rodrigo Lorran e o secretário José Lúcio. Tenho certeza de que iremos evoluir para o ano que vem neste quesito”, completa o treinador.

Aprendiz

A estrutura da equipe Aprendiz é bancada pelo colégio de mesmo nome de Barbacena. O objetivo também é a formação de atletas desde a base. Mas as jogadoras de fora também são aproveitadas e recebem bolsa de estudo. A equipe tem à disposição restaurante e academia. Mesmo assim o técnico Walter Ricardo afirma: “A gente tem um ciúme danado de Congonhas, porque a Prefeitura de Congonhas dá um apoio muito grande ao esporte, aqui o apoio é irrestrito”.

Walter afirma ainda que a Sel propôs retomar a parceria com o Aprendiz e formar, possivelmente com C. Lafaiete, uma equipe forte para a disputa das competições metropolitanas e estaduais.


O secretário de Esporte e Lazer, José Lúcio de Castro, avaliou como maravilhoso o resultado da equipe Infanto de Vôlei Feminino de Congonhas: “Termos chegado entre os dois melhores times da Liga Mineira Feminina foi espetacular. É o fruto do resultado de um trabalho que se fortalece a cada ano. Em 2015, nossa equipe Infanto Masculino havia conquistado o título da competição e damos o mesmo valor às duas conquistas. No Brasil, é costume se valorizar somente o título, mas na Europa até colocações inferiores são tidas como sinal de grande avanço. Por isso que o prefeito Zelinho disse a cada uma das meninas que a segunda colocação no Estado é para se comemorar muito. Temos atletas diferenciadas que poderão seguir na carreira de jogadora. Nosso treinador Marcinho está no nível dos melhores do Estado, principalmente quando o assunto é revelar atletas e pessoas preparadas pra vida. Porque é bom lembrar que o primeiro objetivo da Sel é o desenvolvimento socioeducacional das crianças e jovens. O técnico, as jogadoras e seus familiares se tornaram uma só família. Pais, mães, irmãos das atletas acompanharam cada passo deste processo de crescimento, inclusive acompanhando partidas fora de Congonhas”.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Um dos ginásios mais bem equipados de Minas Gerais, o Poliesportivo Central, de Congonhas, receberá, no próximo domingo, 17, aniversário da cidade, a finalíssima de duas categorias da Liga Mineira de Vôlei Feminino. Às 13h, Aprendiz, de Barbacena, e Doriol Beato, de Conselheiro Lafaiete, decidem o título da categoria infantil. Às 15h, Prefeitura de Congonhas e Aprendiz  fazem a final do Infanto.

Para chegar à final, a equipe da Prefeitura de Congonhas eliminou o SADA Contagem na semifinal por 3 sets a 2. Já o Aprendiz passou pelo Clube Atlético Rodoviário, de Contagem, também por 3 sets a 2.

Na fase classificatória, a equipe de Congonhas venceu o Aprendiz (Barbacena), Mackiense E. C. (BH), SADA SESI Contagem e Cruzeiro E. C. (BH) e foi derrotada pelo Clube Atlético Rodoviário (Contagem) e Praça de Esportes Pará (Pará de Minas).

Equipe Infanto Feminina da Prefeitura de Congonhas:

02 Ana Oliveira

04 Aline Dutra

05 Jéssica Souza

06 Jayne Elias

07 Pâmela Pessoa

09 Talia Marques

———————

10 Rayla Francisco

11 Nicole Oliveira

13 Isadora Santos

14 Daniele Silva

16 Isabela Gonçalves

Técnico: Marcinho

Publicado em Ultimas de Congonhas

Demonstrando extremo poder de superação, a equipe infanto feminina da Prefeitura de Congonhas chegou à decisão da Liga Mineira de Vôlei neste domingo, 26. Jogando em casa, no Ginásio do Riacho, o SADA Contagem abriu 2 sets a 0 (17/25 e 25/27). Com muito sofrimento, o time comandado pelo treinador Marcinho virou o placar com parciais de 26/24, 25/15 e 15/6 no tié break.

O jogo foi marcado por várias expulsões, inclusive do técnico da equipe adversária, Reinaldo Dantas. Nas fases finais, a organização do torneio não estar elegendo a melhor atleta do jogo, mas o destaque foi a ponteira congonhense Rayla. O adversário de Congonhas na finalíssima da Liga Mineira sairá de Aprendiz (Barbacena) e Clube Atlético Rodoviário (Contagem). Apenas em seguida serão marcados local e data da grande decisão.

Na fase classificatória, a equipe de Congonhas venceu o Aprendiz (Barbacena), Mackiense E. C. (BH), SADA SESI Contagem e Cruzeiro E. C. (BH) e foi derrotada pelo Clube Atlético Rodoviário (Contagem) e Praça de Esportes Pará (Pará de Minas).

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas praticando esportes e campo de beisebol



Equipe Infanto Feminina da Prefeitura de Congonhas:

02 Ana Oliveira
04 Aline Dutra
05 Jéssica Souza
06 Jayne Elias
07 Pâmela Pessoa
09 Talia Marques
---------------------
10 Rayla Francisco
11 Nicole Oliveira
13 Isadora Santos
14 Daniele Silva
16 Isabela Gonçalves

Técnico: Marcinho

Publicado em Ultimas de Congonhas

A equipe infanto feminina da Prefeitura de Congonhas conseguiu classificação para a semifinal da Liga Mineira de Vôlei. Na fase classificatória, venceu o Aprendiz (Barbacena), Mackiense E. C. (BH), SADA SESI Contagem e Cruzeiro E. C. (BH) e foi derrotada pelo Clube Atlético Rodoviário (Contagem) e Praça de Esportes Pará (Pará de Minas).

O adversário da Prefeitura de Congonhas será o SADA SESI Contagem, no dia 26 de dezembro, às 14h, no Ginásio do Riacho, em Contagem. Aprendiz e Clube Atlético Rodoviário farão a outra semifinal em data e horário a serem definidos.


Na última quarta-feira, feriado que comemora a Proclamação da República, a equipe infanto feminina de vôlei da Prefeitura de Congonhas, comandada pelo treinador Marcinho, realizou mais uma partida da fase classificatória da Liga Mineira de Voleibol 2017.

A equipe oscilou um pouco no início, perdendo o primeiro set para o Cruzeiro, de Belo Horizonte, mas mostrou um jogo mais consistente e venceu os outros dois sets em cima da equipe do Cruzeiro, fechando em 2 sets a 1, com parciais de 25/27, 25/21 e 25/21.

A melhor atleta da partida foi Pâmela Pessoa ponteira da equipe congonhense. A partida foi realizado no Ginásio do Riacho em Contagem

A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, selfie

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos


As categorias de base de Vôlei da Prefeitura de Congonhas, coordenadas pelo treinador esportivo Marcinho, venceram duas e perderam outra partida nos amistosos preparatórios para a Liga Mineira de 2018 e outras competições, jogando no Poliesportivo Central, de Congonhas, nesta quarta-feira, 8, com a Prefeitura de Cristiano Otoni, treinada por Gigi.

No Pré-Mirim Feminino, a vitória foi das visitantes por 2 sets a 1. No Mirim Feminino, as donas da casa levaram a melhor com um 3 sets a 0, placar que se repetiu no Infantil Masculino, também a favor de Congonhas.

Equipes Pré-Mirim Feminino (11 a 12 anos):
Congonhas: Ana Luiza, Maria Eduarda, Bárbara, Raissa, Carol, Vitória Flávia, Vitória Cardoso, Camille e Maria Laura.
Cristiano Otoni: Júlia, Maria Eduarda, Jéssica, Rayane, Cíntia e Maria Clara.

Mirim Feminino (13 a 14 anos):
Congonhas: Eduarda, Camile, Isabelle, Carol, Isadora, Emilly e Vitória.
Cristiano Otoni: Tayanne, Gabriela, Ana Paula, Mariana, Letícia, Ana Lídia, Júlia e Jéssica.

Infantil Masculino (14 a 15 anos):
Congonhas: Marcos, Gabriel, Adrian, Mateus, Adriano, Emanuel e Jonas.
Cristiano Otoni: Gustavo, Pitter, Victor, Alex, Rafael, Tiago, Adriano, Miguel, Rai, Hudson e Diogo.

1º árbitro: Vinícius Kevin

2º árbitro: Anderson Araújo


A equipe de Basquete Masculino da Prefeitura de Congonhas estreou com vitória na etapa regional dos Jogos do Interior de Minas (JIMI), com placar de 74 a 66 sobre a equipe anfitriã, de São João Del-Rei. Já o time feminino de Vôlei de Congonhas fez um jogo super disputado com Perdões e, após empate em 2 sets a 2 com Perdões, com parciais de 25/22, 20/25, 25/27 e 25/19, acabou derrotada no tie-break por 13/15.



A Seleção de Basquete Masculino volta à quadra nesta quinta-feira, 7 de setembro, feriado do Dia da Independência, para encarar Itajubá, às 8h, no Ginásio Athletic A. ÀS 9h, o time de Vôlei Feminino da Prefeitura de Congonhas tenta a reabilitação contra Varginha no Ginásio Athletic B.

Congonhas está na Chave B do Basquete Masculino ao lado de São João del-Rei, Itajubá e Cataguases. O Vôlei está na chave única em que Congonhas disputa com Perdões, Varginha, Itanhandu e São João del-Rei.
A maior e mais famosa competição do esporte em Minas Gerais será disputada até este domingo, 10.


A delegação de Congonhas tem destino definido. As equipes de Voleibol Feminino e Basquete Masculino irão a São João del-Rei defender o Município e tentar garantir vaga na etapa estadual dos Jogos do Interior de Minas (JIMI). A maior e mais famosa competição do esporte em Minas Gerais acontecerá entre esta quarta-feira, 6, e o domingo, 10.

Congonhas está na Chave B do Basquete Masculino ao lado de São João del-Rei, Itajubá e Cataguases. O Vôlei está na chave única em que Congonhas disputa com Perdões, Varginha, Itanhandu e São João del-Rei.

Das equipes da Prefeitura de Congonhas, o Vôlei Feminino será o primeiro a estrear. A partida contra Perdões será realizada nesta quarta no Ginásio Athletic B às 9 horas. Pelo basquete masculino a equipe congonhense encara os donos da casa, São João del-Rei, no Ginásio Athletic A às 11 horas.

Clique aqui e confira a tabela completa desta etapa do JIMI.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Lisboa Esporte Clube/Congonhas enfrentou uma maratona de jogos no último fim de semana e o saldo final foi positivo. Na última sexta feira a equipe comandada pelo técnico Fabrício Santos foi a Itabirito enfrentar a equipe daquele município em jogo válido pela 2° rodada do Campeonato Mineiro Adulto. A equipe de Congonhas sucumbiu diante da equipe da casa, 3X1, apesar do jogo disputado e equilibrado apresentado pelas duas equipes.

Já no sábado a equipe Lisboa/Congonhas retornou a Itabirito para enfrentar o CCFD de Pouso Alegre. Desta vez a equipe da região das Vertentes venceu a equipe do Sul de Minas por 3×2 e manteve a segunda colocação no principal torneio de vôlei adulto do Estado de Minas Gerais.

Não bastasse os jogos anteriores no domingo (4/12), as meninas do Lisboa/Congonhas entraram em quadra pela Liga Mineira em duas oportunidades, a primeira as 9:00hrs da manhã no Ginásio do Riachinho em Contagem, onde a equipe enfrentou pela semifinal do torneio o time do Gymnartes classificando-se para a final com vitória por 3X1. No mesmo dia as 15:00 horas no Ginásio do SESI em Betim, a equipe da região central do Estado enfrentou a equipe da capital SuperBall, sendo derrotada por 3×0 e ficando com o vice-campeonato da competição.

4  9

Segundo o diretor presidente do Lisboa/Congonhas Renato Lisboa, o resultado do fim de semana com duas vitórias e duas derrotas, resultando em um vice-campeonato e a segunda colocação do Campeonato Mineiro faltando apenas uma rodada para o fim da competição é extremamente positivo para um projeto que iniciou a apenas três meses. De todos os adversários nos somos os que menos treinaram, tivemos pouco tempo de preparação e no primeiro campeonato já chegar a final e no Mineiro jogar em alto nível é fantástico. Falta agora só o empresariado da cidade abraçar a equipe para que possamos alçar voos mais altos e quiçá estar disputando a Super-Liga nacional em breve, finaliza Lisboa.

Fonte: Paraopeba Notícias

Publicado em Ultimas de Congonhas

Página 1 de 2

Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram