Imprudência dos motoristas, falta de manutenção e clandestinidade de veículos de fretamento e más condições das rodovias são uma mistura perigosa para quem anda de ônibus nas estradas federais que cortam Minas. Essas vias foram palco de 211 acidentes de coletivos que fizeram 1.216 vítimas no primeiro semestre deste ano. O número equivale a pelo menos uma ocorrência por dia. O saldo foi de 34 mortes, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A estatística remete ao grave acidente ocorrido na semana passada com um ônibus clandestino, na BR-381, em Brumadinho, na Grande BH, que deixou sete mortos.

Em todo o país, foram 1.575 ocorrências que levaram a 207 óbitos nos seis primeiros meses de 2017. Minas foi o Estado com maior número de casos. “Temos a maior malha rodoviária, que serve como caminho para diversas regiões do país. Como há mais veículos transitando, é esperado que ocorram mais acidentes”, frisa o inspetor Aristides Júnior, porta-voz da PRF mineira.


Imprudência


Pressa e ultrapassagens indevidas estão no ranking de causadoras dos acidentes, afirma o especialista em transporte e trânsito Márcio Aguiar. “As rodovias estão cada vez mais movimentadas e os motoristas de ônibus têm horários para seguir. Com a pressão do relógio e o cansaço da viagem, eles cometem várias imprudências, e acabam batendo”.

A PRF não especificou as principais formas de batidas envolvendo esses veículos. Mas, segundo Aguiar, dois tipos comuns são as colisões frontais e laterais, que estão relacionadas à perda de direção e ultrapassagens equivocadas, principalmente em estradas não duplicadas. Inclusive, pesquisa recente da Confederação Nacional do Transporte (CNT) mostrou que 88,9% das rodovias mineiras têm pista simples de mão dupla.

A negligência no volante, entretanto, não fica somente sob a responsabilidade dos motoristas de ônibus. Muitas vezes, carros menores são os causadores. “Como muitas estradas mineiras não têm o que chamamos de ‘terceira pista’, os ônibus não podem se manter à direita. Na subida, eles tendem a seguir em uma velocidade menor, e os motoristas mais apressadinhos nos veículos de passeio se arriscam para passá-los”, observa Márcio Aguiar.

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Segurança no Trânsito (IST), David Duarte Lima, a situação piora devido a falta de manutenção adequada dos ônibus. “O coletivo é de uso intensivo. Então, são necessárias revisões constantes, o que nem sempre é levado a sério pelas empresas, principalmente pelas clandestinas”.


Outro lado

Assessora jurídica do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Minas Gerais (Sindpas), Zaira Carvalho Silveira afirma que os empreendimentos que atuam no transporte intermunicipal no Estado se preocupam com as condições dos veículos e treinamento dos motoristas, justamente para evitar acidentes. A Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Minas (Fettrominas) não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Hoje Em Dia

Publicado em Regional

Um homem morreu vítima de um acidente nesta segunda-feira, 13, em Lafaiete.

O fato aconteceu na rua Amintas Junqueira, 1.370, no bairro Morada do Sol. O motorista de um caminhão fazia a retirada de uma máquina de prensa injetora de plástico de um terreno, através de um braço mecânico acoplado no caminhão, quando a máquina tombou e atingiu Edilson José Campos (59) que estava próximo, ajudando na descida do objeto.

Edilson, conhecido como Carequinha, foi prensado pela máquina que pesa cerca de 4 toneladas, sofreu graves ferimentos na região do pescoço e cabeça e não resistiu.

Polícia, Samu e Corpo de Bombeiros foram acionados.  Os militares não encontraram o caminhão no local, que havia sido retirado pelo condutor, Claudio José. Posteriormente localizado, o caminhão foi removido e o condutor apresentado à delegacia de Polícia, ficando à disposição da autoridade policial de plantão para os trâmites legais. 

Não há ainda informação sobre velório e sepultamento de Edilson.

Fonte: Fato Real

Publicado em Regional

Nesta terça-feira, 07/11, bombeiros militares de Conselheiro Lafaiete foram acionados para atender uma ocorrência de acidente automobilístico na rodovia MG 129, próximo ao vilarejo de Itatiaia, em Ouro Branco.

No local, os bombeiros encontraram um caminhão e um veículo de passeio caídos em uma ribanceira a uma distância de aproximadamente 10 metros.

Segundo o motorista do caminhão, o veículo no qual ele estava perdeu os freios e tombou ao fazer uma curva, atingindo assim o outro veículo, um Toyota Etios.

287c780d d977 49a5 8139 073e5f030e97

O condutor do Toyota ficou com as pernas presas às ferragens. Usando de técnicas especializadas, os militares retiraram a vítima do veículo, que foi conduzida pela equipe do Samu ao hospital.

O condutor do Toyota, Alessandro Alves (39) e o passageiro, Ronaldo Assunção (32) ambos procedentes de Aracruz (ES) foram atendidos pelo resgate do Corpo de Bombeiros e encaminhados para o pronto socorro de Ouro Branco com ferimentos leves.

Fonte: Fato Real

Publicado em Regional

Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas em um acidente na tarde dessa segunda-feira, 23/10, por volta de 15h30 envolvendo dois automóveis que colidiram na rodovia MG-129, na altura do km 181, nas proximidades da Serra de Ouro Branco: O  Fiesta placa HDQ7694, que era conduzido por Fernando Ceconi (28)  tendo como ocupantes um menor de 04 anos e Aparecida da Silva (54) e o Fusion  placa HIY 0004 dirigido  por Pedro Alves (67)  tendo como ocupantes Carlos Borba (69) e Valdeni Borba (54).

cfeab0cc-5699-43e9-8bfb-4b92c4f2b2fa 9a3b49d1-61b4-4878-85ad-1827097e7c12

Vítima fatal

Quando os bombeiros chegaram ao local  duas equipes do Samu já faziam os trabalhos iniciais e verificaram que a vítima Valdeni Borba apresentava-se em óbito presa entre as ferragens.

Feridos

O condutor do Fiesta, Fernando e o menor de 04 anos apresentavam traumatismo craniano  grave e foram removidos para o Hospital São José, em Lafaiete e posteriormente para  o Hospital João XXIII em Belo Horizonte e um hospital de Barbacena.

A vítima Aparecida sofreu fratura exposta na perna direita e  também foi conduzida ao Hospital e Maternidade São José, de Conselheiro  Lafaiete, juntamente com  o condutor do Fusion que apresentava suspeita de lesão no tórax.

Fonte e fotos: CBMG e Fato Real

Publicado em Regional

Um homem de 28 anos foi preso nesta segunda-feira 16/10 ao provocar um acidente na rua Leopoldo Augusto Vieira, bairro São Sebastião, em Lafaiete envolvendo uma viatura policial.

A viatura trafegava pela rua em sentido ao centro da cidade quando o condutor visualizou a motocicleta na contramão de direção em velocidade incompatível com a via. O motociclista perdeu o controle direcional e colidiu contra a viatura policial.

Após o choque dos veículos o condutor da moto ainda tentou evadir do local a pé, mas foi contido. Questionado, ele relatou que além de ser inabilitado, sua moto estava com a documentação irregular.

Assim, todas as providências de praxe envolvendo acidentes com frota da PM foram adotadas.

O responsável pelo acidente assumiu a responsabilidade pelos danos causados e foi conduzido à Delegacia de Polícia.

Fonte: Fato Real

Publicado em Regional

Sindicato dos Metalúrgicos de Ouro Branco e Base (Sindob) faz paralisação na manhã desta terça-feira na portaria Leste da Gerdau Ouro Branco, na Região Central de Minas Gerais, para chamar a atenção dos trabalhadores para a questão de segurança.


Morreu na noite desse domingo a quinta vítima da explosão em uma usina da Gerdau em Ouro Branco. O acidente ocorreu em 15 de agosto deste ano. Elicleia Aquino da Silva tinha 34 anos e estava em coma no Hospital Evangélico, em Belo Horizonte, desde o dia do acidente. Foram 56 dias internada.

O presidente do Sindob, Raimundo Nonato Roque de Carvalho, afirmou que o último acidente aumenta a preocupação de trabalhadores. Segundo ele, operários temem pelas condições de segurança na usina desde novembro do ano passado, quando quatro pessoas morreram depois da explosão do gasômetro de um dos altos-fornos. 

O intuito é chamar a atenção e pedir para que uma comissão seja criada em conjunto com a equipe da Geradau, trabalhadores e do sindicato. "Nós temos autonomia para criticar determinados pontos que achamos falhos. Nós temos conhecimento para isso", disse. 

“Em menos de um ano, temos 10 mortes. Trata-se de um triste recorde mundial em acidentes de trabalho”, ressalta Carvalho. “Estamos denunciando frequentemente a falta de manutenção preventiva na usina. No dia do acidente, entregamos boletim pela manhã aos operários alertando para que tivessem cuidado na área e durante as manutenções, mas não foi o suficiente para evitar a tragédia”, acrescentou o sindicalista.

A Gerdau esclarece que "os equipamentos da Usina Ouro Branco estão em condições adequadas obedecendo aos padrões de segurança estabelecidos na legislação vigente." Por meio de nota, a empresa afirma que a usina possui um estruturado programa de manutenção que contempla atualização contínua das equipes, das práticas e dos procedimentos de manutenção. "Todos os colaboradores e prestadores de serviço usam os equipamentos de proteção individual necessários, todas as rotas seguras são sinalizadas na usina e, diariamente, os procedimentos de segurança são reforçados em todas as áreas e para todas as equipes", conluiu.


QUINTA VÍTIMA Elicleia Aquino da Silva era soldadora da Convaço, empresa que prestava serviços à Gerdau. O acidente aconteceu quando um grupo trabalhava na manutenção da parte inferior da coqueria 2 da usina – um forno em que se produz o coque, derivado de carvão mineral essencial na fabricação do aço. Duas pessoas, um funcionário da empresa e de um integrante de uma empreiteira, morreram na hora. As vítimas foram identificadas como Fernando Alves Peixoto, de 40 anos, e Cristiano Rodrigo Marcelino, de 35. 


Em 3 de agosto, o prestador de serviços da empresa Oil Trade, Sandro Barbosa Gomes, de 38 anos, morreu e, em 10 de setembro, Levindo Costa Carvalho, de 60 anos, também teve a morte constatada. Outras 10 pessoas foram encaminhadas para hospitais de Ouro Branco e de Belo Horizonte. Em 2016, ocorrências na usina em novembro e em dezembro provocaram cinco mortes.

 A Polícia Civil confirmou que investiga os casos. Porém, as apurações seguem em segredo de Justiça. 

Fonte: Estado De Minas

Publicado em Regional

Congonhense morre em acidente na BR 040

Segunda, 02 Outubro 2017 14:51

Um acidente ocorrido na noite deste domingo, dia 1º de outubro, na BR 040,


Nesta quinta-feira, dia 28, por volta de 12h40, Bombeiros de Conselheiro Lafaiete foram acionados para atender uma ocorrência na MG 129 (Estrada Real), na altura do km 201, nas proximidades de Conselheiro Lafaiete.

O condutor do veículo perdeu o controle da direção caindo em uma ribanceira de aproximadamente 30 metros altura. A vítima, João Andrade, de 65 anos, apresentava ferimentos no rosto, escoriações e contusão tornozelo direito. Ele recebeu os primeiros cuidados de uma equipe do SAMU.

0dca79b6-51b4-4588-9c02-3aea6fed5aee

Usando o sked (material para retirada de vítimas em local de difícil acesso) e equipamentos de salvamento em alturas, a vitima foi imobilizada e içada pelos bombeiros, até a rodovia e sendo conduzida para o hospital posteriormente.

Publicado em Regional


O fluxo de veículos está liberado no km 749 da BR-040, em Santos Dumont, na Zona da Mata, onde um caminhão carregado com 24 toneladas de gás GLP tombou no fim da tarde dessa segunda-feira. 

A interdição do trânsito na rodovia durou cerca de 16 horas.
Segundo a concessionária Via-040, à tarde a BR-040 precisará ser interditada novamente no sentido Belo Horizonte para que o guincho contratado retire o caminhão da pista. 

A empresa não informou por quanto tempo a estrada ficará fechada. 

O acidente 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo tombou às margens da rodovia, na altura do KM 749, em Santos Dumont, na Zona da Mata, sentido Rio/BH.  O major Anderson Passos, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad) do Corpo de Bombeiros, informou que o vazamento ocorreu em uma das válvuras do cilindro de gás. 

A área foi isolada e os bombeiros fizeram uma varredura no Distrito de São João da Serra, onde 120 moradores foram retirados de casa, no perímetro em que uma explosão poderia causar vítimas e danos. "Nós tiramos as pessoas da residência e acionamos a Defesa Civil." Havia "um cheiro muito forte de gás de cozinha. Por isso, fizemos um isolamento maior", comentou a militar.

O acidente foi na comunidade de São João da Serra, distrito de Santos Dumont. Segundo a PRF, o acidente aconteceu por volta das 17h, quando o motoristas saiu da pista e o veículo caiu de uma altura de 15 metros num talude. A empresa responsável pela carreta, a Rod Transportes, de Limeira, interior de São Paulo, foi comunicada e providenciou o envio de uma equipe especilizada para a retirada da carga em segurança.
Fonte: Estado de Minas
Publicado em Regional

Um homem morreu em decorrência de um acidente na noite deste domingo, 24/09, no km 602 da BR-040, na localidade do Pires, em Congonhas.

Publicado em Ultimas de Congonhas

Página 1 de 23

Direita 1
Direita 2
Direita 3
Banner Direita Interna 11
Banner Direita Interna 12
Banner Direita Interna 13
Banner Direita Interna 21
Banner Direita Interna 22
Banner Direita Interna 23

Indicador Congonhas

O Indicador Congonhas é um portal criado pela jornalista Maria Clara Evangelista com o intuito de informar os internautas, principalmente os que moram em Congonhas e nas cidades vizinhas. Aqui você encontra notícias, atualizações sobre o trânsito e a BR 040, colunas, agenda de eventos, catálogo online, fotos e muitos mais. Faça um tour pelo nosso site e conheça o mais completo portal de informações de Congonhas!

Newsletter Indicador

Assinando o serviço de newsletter você não perderá as principais notícias do Indicador Congonhas, elas serão enviadas diretamente para seu e-mail! Para isso basta cadastrar seu e-mail no campo abaixo. O serviço é grátis!

Indicador Congonhas Instagram